Diario de Pernambuco
Diario de Pernambuco
Digital Digital Digital Digital
Digital Digital Digital Digital
Notícia de Local

Educação

Unicap estuda ceder espaço para alunos de universidades públicas cursarem semestre

Publicado em: 28/07/2020 16:18 | Atualizado em: 28/07/2020 17:55

Os reitores Pedro Falcão, da UPE; Alfredo Gomes, da UFPE; Marcelo Carneiro Leão, da UFRPE; e padre Pedro Rubens, da Unicap. (Foto: Leandro de Santana/Esp. DP.)
Os reitores Pedro Falcão, da UPE; Alfredo Gomes, da UFPE; Marcelo Carneiro Leão, da UFRPE; e padre Pedro Rubens, da Unicap. (Foto: Leandro de Santana/Esp. DP.)

A Universidade Católica de Pernambuco (Unicap) estuda oferecer a alunos de universidades públicas a oportunidade de cursarem, de modo remoto, um período completo na instituição. A ideia foi apresentada na tarde desta terça-feira (28), em coletiva de imprensa promovida pelo Consórcio Universitas, que reúne instituições de ensino superior do estado. No entanto, o assunto ainda precisa de maiores discussões para garantir sua viabilidade - inclusive do ponto de vista legal.

Em resumo, um aluno da Universidade Federal (UFPE), por exemplo, poderia cursar um semestre no ambiente virtual da Católica. Uma espécie de “intercâmbio” dentro do próprio estado, como grifa o reitor da Unicap, padre Pedro Rubens. “Lançamos ao consórcio a possibilidade de um intercâmbio acadêmico em Pernambuco. Seriam acordos para que os estudantes façam o semestre em outra instituição”, explicou.

A coletiva detalhou a retomada das aulas e iniciativas que vêm sendo realizadas desde o início do isolamento social, causado pela pandemia do novo coronavírus, como a produção e distribuição de álcool em gel e 70%, além de detalhar pesquisas. Além de padre Pedro, estiveram presentes outros reitores, como Alfredo Gomes, da UFPE; Marcelo Carneiro Leão, da Universidade Federal Rural (UFRPE); e Pedro Falcão, da Universidade de Pernambuco (UPE). 

A UPE irá retomar as aulas da graduação, de forma remota, em 8 de setembro. O período suplementar 2020.3 terá a duração de 10 semanas e vai até 25 de novembro. A UFPE e a UFRPE irão retomar as aulas da graduação no mesmo dia: 17 de agosto.

No caso da UFPE, o calendário acadêmico suplementar terá três meses de duração, previsto para acabar em novembro. Já na UFRPE, o período letivo excepcional (PLE) 2020.3 vai durar 10 semanas, também com encerramento previsto para novembro. Em todas as três instituições, a adesão dos estudantes às aulas remotas é facultativa.


Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.
Zuri: 11 anos, multiinstrumentista, compositor e prodígio da música faz campanha para comprar violão
Bolsonaro cancela visita à Guiana devido à morte de sua mãe
Manhã na Clube: entrevista com Padre Arlindo
Ômicron começa a recuar nos Estados Unidos
Grupo Diario de Pernambuco