Diario de Pernambuco
Diario de Pernambuco
Digital Digital Digital Digital
Digital Digital Digital Digital
Notícia de Local

REDES SOCIAIS

Moradores de Custódia, no Sertão de Pernambuco, assustam-se com barulho vindo do céu

Publicado em: 15/07/2020 20:38 | Atualizado em: 16/07/2020 14:51

Bólido registrado a partir de Cabrobó (Foto: Clima Ao Vivo/Atel Telecom)
Bólido registrado a partir de Cabrobó (Foto: Clima Ao Vivo/Atel Telecom)
* Na quinta-feira (16), a notícia foi atualizada com informações de entidades científicas.

Nas redes sociais, moradores de Custódia, município Pernambucano localizado no Sertão do Moxotó, relatam o susto que tomaram na noite desta quarta-feira (15). Muitos comentam ter ouvido um barulho alto, vindo do céu. As opiniões se dividem entre queda de avião, meteoro e até mesmo visita extra-terrestre. Nesta quinta-feira (16), a ONG Rede Brasileira de Observação de Meteoros (Bramon) e o AstroPE - Grupo de Astronomia de Pernambuco divulgaram que o fenômeno tratava-se de um bólido, tipo de meteoro que atravessa a atmosfera do planeta e, de acordo com a sua inclinação, pode causar um forte lampejo seguido de estrondo.


De acordo com análises preliminares da Bramon, o bólido entrou na atmosfera nas proximidades de Serra Talhada (PE), ficou nítido inicialmente entre os municípios de Princesa Isabel (PB) e Carnaíba (PE) e seguiu na direção sudeste, desaparecendo no céu a sul do município de Arcoverde (PE). A instituição afirma que segue trabalhando em busca de definir a órbita do meteoroide, bem como estimativas de tamanho e massa do objeto.

O bólido foi registrado por pelo menos sete câmeras do site Clima Ao Vivo, através de torres da Atel Telecom. O AstroPE também está investigando a trajetória para descobrir se o objeto deixou algum vestígio físico no solo - material chamado de meteorito

No Whatsapp o boato de que se tratava da queda de um avião de pequeno porte foi rapidamente difundido. Mas a informação pôde ser descartada ao checar as imagens que a acompanhavam. A foto do avião que enviavam se tratava de um acidente no Ceará, que aconteceu em maio deste ano. A Central de Operações CODECIPE  também negou a procedência da queda da aeronave.

De acordo com a central e a CINDACTA, através do Oficial da Aeronáutica de Serviço, Cap. Ralf "não existe aeronave cadastrada na área descrita". De acordo como sismólogo Eduardo Menezes, nenhum tremor de alta intensidade foi constatado na região. 

"Eu e meus pais estávamos dentro de casa quando ouvimos um estrondo muito forte, a princípio pensei que fosse um trovão, mas o barulho foi mais forte que o normal. Foi uma vez só o barulho. As pessoas estão comentando no Whatsapp  que viram um clarão antes do barulho", disse o estudante Ênio Góis, que estava em Custódia no momento.
Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.
Enem para todos com professor Fernandinho Beltrão
Suspeito de assassinar blogueiro e filho adolescente em Rio Formoso se entrega
China detecta vírus da Covid-19 em frango brasileiro
Rhaldney Santos entrevista o pré-candidato à prefeitura de Jaboatão Pastor Severino
Galeria de Fotos
Grupo Diario de Pernambuco