Diario de Pernambuco
Diario de Pernambuco
Digital Digital Digital Digital
Digital Digital Digital Digital
Notícia de Local

Mobilidade

Bike PE registra aumento de 25% das viagens com flexibilização da quarentena

Publicado em: 30/06/2020 16:59 | Atualizado em: 30/06/2020 16:45

 (Foto: Tembici/Divulgação)
Foto: Tembici/Divulgação
Com a retomada gradual de circulação na Região Metropolitana do Recife após a quarentena rígida, o sistema Bike PE registrou uma crescente no número de viagens em dias úteis. A média diária aumentou 25% de maio para junho, e o número de usuários que pedalaram cresceu 21% no mesmo período.

A bicicleta foi recomendada pela Organização Mundial da Saúde (OMS) como meio de transporte, já que seu uso é individual e ao ar livre e, para incentivar ainda mais o uso das bikes no pós-pandemia, o projeto Bike PE lançou o plano temporário “Viagem Avulsa”. O valor por viagem de 30 minutos será R$ 3,40, enquanto um passe de ônibus custa R$ 3,45 e metrô R$ 3,70. O objetivo é fomentar o uso da bicicleta para deslocamento até o trabalho e casa, evitando aglomeração e contribuindo para saúde pessoal e sustentabilidade, além da fluidez da cidade.

Desde o começo da pandemia, a Tembici informa que reforçou a higienização nas bicicletas e nas estações de todas as cidades onde atua, incluindo os sistemas de Buenos Aires na Argentina e em Santiago no Chile. Além da rotina de limpeza padrão, todos os dias as bikes são lavadas no galpão com cloro diluído em água e nas estações cada bicicleta é limpa com álcool 70%.

Em um levantamento realizado em abril pela empresa para entender o perfil dos usuários que estão utilizando o sistema Bike PE durante a quarentena, foi observado que mais de 86% optam pela bicicleta como prevenção ao novo coronavírus e que 97% pretendem continuar utilizando as laranjinhas ao término da quarentena. O estudo ainda apontou que, em média, 16% dos usuários que estão utilizando as laranjinhas em todas as praças disponíveis são profissionais da área da saúde. Esse dado demonstra que as pessoas confiam na bike como uma forma segura de deslocamento.

"Cada vez mais, os  pernambucanos enxergam as bicicletas como uma alternativa de transporte. A recomendação de estimular a bicicleta e caminhada para locomoção durante e pós-pandemia é da Organização Mundial da Saúde. Além da bicicleta ser um modal de transporte individual que permite o distanciamento social, também são não-poluentes contribuindo para manter os índices mais baixos de poluição atingidos durante a quarentena", disse a gerente regional da Tembici, Nicole Barbieri.

Nas cidades em que já está havendo o diminuição do afastamento social, há diversas iniciativas sendo implementadas para evitar nova pandemia. Muitas dessas ações incluem medidas relacionadas à mobilidade urbana. Bogotá, na Colômbia, anunciou a habilitação de 76 novos quilômetros de faixas destinadas a bicicletas. Diversas cidades da Alemanha também têm remodelado suas vias em meio à pandemia usando dispositivos como fitas removíveis e sinais móveis para demarcar os espaços destinados a ciclistas, de forma que a instalação e desinstalação sejam fáceis e rápidas.

O governo britânico anunciou investimento de 2 bilhões de libras em iniciativas para incentivar o uso da bike e da caminhada. Em Paris, além de novas ciclovias e entre outras ações, as mecânicas de bicicletas foram consideradas serviços essenciais e os habitantes receberão vouchers do governo de 50 euros para consertarem suas bicicletas que, até então, estavam paradas. Diversas cidades dos Estados Unidos já diminuíram a velocidade máxima de suas vias e limitaram acesso de carros a algumas regiões como medidas de segurança para os ciclistas. A bicicleta está sendo considerada a melhor alternativa de deslocamento no cenário pós pandemia.

"Após a pandemia, esse comportamento de prevenção vai se acentuar e iniciativas do poder público que estimulem os deslocamentos com bicicletas serão fundamentais. Nossa operação está preparada para a retomada, já que reforçamos todos os procedimentos de higienização das bicicletas e estações", pontuou Nicole Barbieri. 

Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.
Itália proíbe entrada de viajantes brasileiros
10/07 Manhã na Clube com Rhaldney Santos
Burro invasor de lives faz santuário de animais arrecadar dinheiro
Seminário discute novo marco legal do saneamento básico
Galeria de Fotos
Grupo Diario de Pernambuco