Diario de Pernambuco
Diario de Pernambuco
Notícia de Local

UFPE

Rádio Universitária Paulo Freire estreia transmissão experimental

O veículo de comunicação opera na frequência 820 AM

Publicado em: 18/02/2019 07:38 | Atualizado em: 18/02/2019 07:45

A emissora vai funcionar como rádio-escola, balizada pelas ideias do seu fundador Paulo Freire, patrono da educação brasileira. Foto: Acervo Paulo Freire/Divulgação.
Nesta segunda-feira (18), junto com o início do ano letivo da Universidade Federal de Pernambuco (UFPE), estreia a transmissão experimental da Rádio Universitária Paulo Freire. A primeira vez que a emissora irá gerar produção local, ao vivo, será das 12h às 13h30, logo após a exibição do Programa Fora da Curva. A Rádio Paulo Freire opera na frequência 820 AM, com estúdio recém-inaugurado e localizado na Reitoria da UFPE.

O evento terá a presença do reitor Anísio Brasileiro; do pró-reitor de Comunicação, Informação e Tecnologia da Informação da Universidade, Décio Fonseca; da pró-reitora de Extensão e Cultura da UFPE, Christina Nunes; e da professora do Departamento de Administração Escolar e Planejamento Educacional do Centro de Educação da UFPE Eliete Santiago, que coordena a Cátedra Paulo Freire na Universidade.

Na estreia, será feito um rodízio entre professores, técnicos, alunos e parceiros da sociedade civil organizada que quiserem dar uma palavra sobre a importância da Rádio AM, de Paulo Freire e da UFPE como protagonista da comunicação pública. Também será possível acompanhar a transmissão com imagens do estúdio na página da rádio no Facebook.

Após a transmissão festiva, permanecerá a transmissão diária em caráter experimental (das 12h às 13h30) até que sejam finalizadas a compra dos equipamentos e a montagem da grade de programação. Nos demais horários, será mantida a retransmissão da programação da Universitária FM (99.9).

Em breve, haverá seis horas diárias de programas próprios, produzidos por professores, alunos e técnicos do Departamento de Comunicação Social da UFPE, bem como por representantes da sociedade civil. Foi lançado um edital para chamada pública de interessados em submeter projetos de programas, de modo que as pessoas e instituições possam participar diretamente da construção da rádio, uma das premissas da comunicação pública e democrática.
Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.
Maria, mãe de um povo ferido
Confira a estreia do programa In set
Educação humanizadora e não violência nas escolas
João e os 50 anos de colunismo social
Galeria de Fotos
Grupo Diario de Pernambuco