Diario de Pernambuco
Diario de Pernambuco
Digital Digital Digital Digital
Digital Digital Digital Digital

PESQUISA

Dieta vegana alivia dores de artrite reumatoide, diz estudo dos EUA

Publicado em: 04/04/2022 18:56

 (Foto: Mariane Silva/Esp CB/DA Press)
Foto: Mariane Silva/Esp CB/DA Press
Pesquisadores do Comitê de Médicos para Medicina Responsável investigaram como uma interferência na dieta pode mudar a rotina de pacientes com artrite reumatoide. Em um estudo randomizado, quer dizer, com pacientes colocados em grupo de teste e controle aleatoriamente, eles analisaram o efeito de parar de comer carne nos portadores da condição autoimune.

A conclusão é que, uma dieta vegetariana pode reduzir em até dois pontos o nível de dor das pessoas doentes. Além disso, deixar de comer carne diminuiu a sensação de inchaço e teve efeitos colaterais considerados benéficos como a redução no colesterol total, e uma perda média de peso de 6,35kg. Enquanto isso, o grupo que recebeu placebo teve um ganho de 0,9kg. Tudo isso sem restringir as calorias.

O estudo foi feito observando 44 pessoas distribuídas em dois grupos. Enquanto no primeiro, as pessoas passaram por uma dieta vegana de quatro semanas. Eles cozinhavam o próprio alimento seguindo orientações da equipe de pesquisa. Alimentos adicionais foram eliminados ao longo de três semanas e, posteriormente, reintroduzidos durante outras nove.

O segundo grupo foi orientado a continuar com a dieta normal, irrestrita, e recebeu um remédio placebo para tomar ao longo do mesmo período de tempo. Em seguida, os participantes das duas turmas trocaram de dieta por quatro meses. Todos os participantes já tinham sido previamente diagnosticados com artrite reumatoide.

Como reduzir as dores causadas pela artrite
Antes que o experimento começasse, os médicos da organização estadunidense pediram que os voluntários preenchessem um formulário informando o nível de dor em uma escala que vai de "sem dor" até "dor tão ruim quanto é possível suportar". Enquanto estiveram sob a dieta vegana, os portadores da condição autoimune relataram uma queda de até dois pontos no nível de dor.

A redução foi maior quando os cientistas fizeram um subgrupo excluindo os indivíduos que aumentaram o uso de medicamentos durante o estudo. A diferença também foi maior em outra subanálise, limitada aos participantes que não fizeram alterações na medicação.

O número médio de articulações inchadas diminuiu de 7,0 para 3,3 na fase vegana, enquanto esse número aumentou de 4,7 para 5 na fase placebo. Para o principal autor do artigo e presidente do comitê de médicos, Neal Barnard, esse é um passo extraordinário na busca por um tratamento auxiliar não medicamentoso para a artrite.

"Uma dieta baseada em vegetais pode ser a receita para aliviar a dor nas articulações para milhões de pessoas que sofrem de artrite reumatoide", diz. "E todos os efeitos colaterais, incluindo perda de peso e colesterol mais baixo, são apenas benéficos", reforça.

O artigo intitulado Um ensaio randomizado e cruzado de uma intervenção nutricional para artrite reumatoide pode ser lido na íntegra, em inglês, no site do American Journal of Lifestyle Medicine.
Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.
WIDGET PACK - Sistema de comentários
Unicap: inscrições para vestibular 2022 até hoje
Manhã na Clube: Diogo Moraes (PSB) e Alexandre Henrique (PSOL), pré-candidato a dep. estadual
Arte marcial é um elo entre Brasil e China
Ana Marcela Cunha é bicampeã mundial em Budapeste
Grupo Diario de Pernambuco