Diario de Pernambuco
Busca

GESTÃO

Silvio Costa Filho e João Campos debatem fortalecimento da aviação no Recife

Aeroporto Internacional do Recife é o sétimo mais movimentado do Brasil, recebendo uma média de 700 mil passageiros por mês

Publicado em: 22/05/2024 18:18

Prefeito João Campos se reuniu com ministro Silvio Costa Filho em Brasília (Eduardo Oliveira/MPor)
Prefeito João Campos se reuniu com ministro Silvio Costa Filho em Brasília (Eduardo Oliveira/MPor)
O ministro dos Portos e Aeroportos do Governo Federal, Silvio Costa Filho (Republicanos) e o prefeito João Campos (PSB) se reuniram em Brasília nesta quarta-feira (22) para discutir o fortalecimento da malha aérea na capital de Pernambuco.

O Aeroporto Internacional do Recife é o sétimo mais movimentado do Brasil, recebendo uma média de 700 mil passageiros por mês. O terminal de passageiros passou por uma expansão e modernização, reinaugurada pelo ministro de Lula no final de 2023.

Para Silvio Costa Filho, uma boa infraestrutura aeroportuária vai garantir melhorias à Região Metropolitana do Recife. “O maior programa social do Brasil é o emprego e a renda. Vimos a importância com a construção do aeroporto. E agora, com a ampliação, estamos criando mais emprego e oportunidade de trabalho. A cada quatro turistas que chegam ao Recife, um posto de trabalho é gerado. Vamos, ao lado do presidente Lula e do prefeito João Campos, avançar nas entregas”, afirmou. 

O gestor recifense correspondeu ao aceno do ministro. “Seguimos discutindo estratégias, com o amigo e ministro Silvio Costa Filho, para o fortalecimento da nossa malha aérea. Temos trabalhado muito para garantir avanços importantes no segmento e teremos boas novidades para compartilhar no futuro”, pontuou João Campos.

O Aeroporto do Recife é o quarto mais conectado do país, oferecendo conexões para 39 destinos domésticos e cinco destinos internacionais: Fort Lauderdale (EUA), Orlando (EUA), Lisboa (POR), Montevidéu (URU) e Buenos Aires (ARG), e acumula prêmios internacionais de pontualidade e qualidade, destacando-se como o mais pontual do Brasil e o quarto do mundo por dois anos consecutivos, segundo uma empresa de consultoria do setor aéreo.
MAIS NOTÍCIAS DO CANAL