Diario de Pernambuco
Busca

CASO MARIELLE

Rivaldo Barbosa virou chefe da Polícia Civil um dia antes do crime

Rivaldo Barbosa é um dos três presos pela PF neste domingo por envolvimento no assassinato da vereadora Marielle Franco

Publicado em: 24/03/2024 10:43 | Atualizado em: 24/03/2024 11:04

Rivaldo Barbosa era chefe da Polícia Civil do Rio de Janeiro na época do assassinato de Marielle Franco (Crédito: Fernando Frazão/Agência Brasil
)
Rivaldo Barbosa era chefe da Polícia Civil do Rio de Janeiro na época do assassinato de Marielle Franco (Crédito: Fernando Frazão/Agência Brasil )

O ex-chefe da Polícia Civil do Rio de Janeiro (PCRJ) Rivaldo Barbosa, preso na manhã deste domingo (24/3) sob a suspeita de envolvimento no assassinato da vereadora Marielle Franco e do motorista Anderson Gomes, assumiu a chefia da corporação em 13 de março de 2018, véspera das execuções.

 

A suspeita é que Rivaldo Barbosa teria combinado com Domingos Brazão, conselheiro do Tribunal de Contas do Estado (TCE-RJ), antes do crime, que garantiria a impunidade.

 

Além do delegado, a Polícia Federal e o Grupo de Atuação Especial no Combate ao Crime Organizado (Gaeco) prenderam Domingos Brazão e o irmão dele, o deputado federal Chiquinho Brazão (União-RJ).

 

Confira a matéria completa no Metrópoles

 

COMENTÁRIOS

Os comentários a seguir não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.
MAIS NOTÍCIAS DO CANAL