Diario de Pernambuco
Busca

INDICIADO

PF sobre fraude em cartões de vacina: Bolsonaro ''agiu com consciência''

Relatório da PF que pediu indiciamento de Jair Bolsonaro por fraude em cartões de vacina diz que houve ''vontade'' do ex-presidente

Publicado em: 19/03/2024 14:50 | Atualizado em: 19/03/2024 16:01

PF: Bolsonaro ''agiu com consciência e vontade'' (Crédito: Breno Esaki/Metrópoles
)
PF: Bolsonaro ''agiu com consciência e vontade'' (Crédito: Breno Esaki/Metrópoles )

O relatório da Polícia Federal (PF) referente ao caso da falsificação de cartões de vacina contra a Covid-19 não levou somente em consideração o depoimento do tenente-coronel Mauro Cesar Barbosa Cid para afirmar que o ex-presidente Jair Bolsonaro (PL) teria ordenado a inclusão dos dados dele e da filha, Laura Firmo Bolsonaro.

 

Por causa dessas supostas inserções e falsificações nos cartões de vacina, Bolsonaro e mais 16 pessoas foram indiciadas pela corporação.

 

 

 

No depoimento de Cid citado no documento, assinado pelo delegado Fábio Alvarez Shor, na noite desta segunda-feira (18/3), o ex-ajudante de ordens de Bolsonaro afirma que o ex-presidente tomou conhecimento de que havia documentos ideologicamente falsos com dados sobre a imunização contra a doença.

 

Confira a matéria completa no Metrópoles

COMENTÁRIOS

Os comentários a seguir não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.
MAIS NOTÍCIAS DO CANAL