Diario de Pernambuco
Busca

60 ANOS DO GOLPE MILITAR

Mourão volta a exaltar dia do golpe militar: "A nação se salvou a si mesma"

O ex-vice-presidente fez alusão ao golpe militar que que resultou em uma ditadura de 21 anos

Publicado em: 31/03/2024 12:04

Essa não é a primeira vez que Mourão celebra a data nas redes sociais (Foto: Kayo Magalhães/CB/D.A Press)
Essa não é a primeira vez que Mourão celebra a data nas redes sociais (Foto: Kayo Magalhães/CB/D.A Press)
O general e senador Hamilton Mourão (Republicanos-RS) usou as redes sociais para se manifestar sobre os 60 anos do golpe militar e 1964. “A história não se apaga e nem se reescreve, em 31 de março de 1964 a Nação se salvou a si mesma!”, postou o ex-vice presidente no X, antigo Twitter.
 
Essa não é a primeira vez que Mourão celebra a data. No ano passado, ele se referiu ao golpe de 1964 como uma “revolução democrática”.
 
Durante o governo anterior, Jair Bolsonaro (PL) determinou que o Ministério da Defesa comemorasse a data. Na atual gestão, do presidente Luís Inácio Lula da Silva (PT), as Forças Armadas não se manifestaram.

Lula também suspendeu os eventos oficiais em memória dos 60 anos do golpe militar. A decisão de proibir atos alusivos ao golpe é vista como um gesto de conciliação do presidente em relação aos militares.

Uma pesquisa do Datafolha, divulgada na semana passada, aponta que 63% dos brasileiros avaliam que a data que marcou o início dos 21 anos de ditadura militar no país, em 31 de março de 1964, deve ser desprezada.
 
Confira a matéria no site do Correio Braziliense.  
Tags: ditadura | mourão |

COMENTÁRIOS

Os comentários a seguir não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.
MAIS NOTÍCIAS DO CANAL