Diario de Pernambuco
Busca

RELAÇÕES EXTERNAS

Lula chama de volta embaixador do Brasil em Israel após reprimenda

Decisão foi tomada após petista ser declarado persona non grata por Tel Aviv e repreensão do chanceler israelense Israel Katz ao embaixador brasileiro, no Museu do Holocausto

Publicado em: 19/02/2024 14:57 | Atualizado em: 19/02/2024 15:07

O embaixador do Brasil em Israel, Frederico Meyer, será chamado de volta a Brasília pelo governo de Luiz Inácio Lula da Silva (crédito: Ricardo Stuckert /Agência Senado)
O embaixador do Brasil em Israel, Frederico Meyer, será chamado de volta a Brasília pelo governo de Luiz Inácio Lula da Silva (crédito: Ricardo Stuckert /Agência Senado)

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva chamou o embaixador do Brasil em Tel Aviv, Frederico Meyer, de volta ao Brasil para consultas. A informação foi confirmada ao Correio por fontes na Presidência da República.

 

A decisão foi tomada nesta segunda-feira (19/2) em resposta à crise diplomática com Israel, especialmente após o ministro das Relações Exteriores do país, Israel Katz, convocar Meyer para uma reprimenda no Museu do Holocausto e, depois, declarar Lula persona non grata em Israel.

 

A reação de Israel ocorreu após fala do presidente Lula, ontem (18), em que ele comparou as mortes na Faixa de Gaza à atuação da Alemanha nazista durante a Segunda Guerra Mundial. O governo israelense, porém, quebrou o protocolo diplomático ao convocar o embaixador brasileiro ao Museu do Holocausto. Reprimendas do tipo costumam ocorrer na sede do Ministério das Relações Exteriores.

 

Integrantes do Planalto e da chancelaria acreditam que a reação de Israel foi exagerada, e que o primeiro-ministro Benjamin Netanyahu tenta fazer um "show" para capitalizar politicamente na guerra. Embora a declaração de Lula tenha sido considerada inadequada, a reação de Israel torna improvável que Lula faça uma retratação.

 

As informações são do Correio Braziliense. 

COMENTÁRIOS

Os comentários a seguir não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.
MAIS NOTÍCIAS DO CANAL