Diario de Pernambuco
Busca

TSE

Carla Zambelli é multada por publicar fake news em R$ 30 mil pelo TSE

As publicações foram feitas durante as eleições de 2022 e diziam que o QR Code de título de eleitor contabilizava votos para o candidato Luiz Inácio Lula da Silva (PT)

Publicado em: 23/02/2024 11:08 | Atualizado em: 23/02/2024 11:16

A deputada foi multada por publicações feitas em 2022 (crédito: Zeca Ribeiro/Câmara dos Deputados)
A deputada foi multada por publicações feitas em 2022 (crédito: Zeca Ribeiro/Câmara dos Deputados)

O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) multou a deputada Carla Zambelli (PL-SP) em R$ 30 mil, por divulgar notícias falsas sobre o processo eleitoral, sobre o aplicativo e-Título e o presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT).

 

As publicações feitas pela deputada – atualmente fora do ar –, diziam que diziam que o QR Code do título de eleitor digital, ao ser lido, contabilizaria votos para o então candidato à Presidência Luiz Inácio Lula da Silva.

 

Na terça-feira (20/2), os ministros julgaram o mérito da conduta da deputada. O relator, ministro Floriano de Azevedo Marques, destacou que o valor da multa levou em consideração “a reincidência da conduta”.

 

O voto do relator foi acompanhado por outros ministros André Ramos Tavares, Cármen Lúcia, Raul Araújo, Isabel Gallotti e por Alexandre de Moraes.

 

Outras duas pessoas envolvidas também foram multadas, mas com um valor menor: R$ 15 mil. A decisão também definiu que as publicações fossem apagadas permanentemente.

 

Apenas o ministro Nunes Marques votou para que a multa ficasse pela metade, em R$ 15 mil.

 

O Correio tenta contato com a assessoria de Zambelli. O espaço segue aberto. 

 

As informações são do Correio Braziliense

COMENTÁRIOS

Os comentários a seguir não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.
MAIS NOTÍCIAS DO CANAL