Diario de Pernambuco
Busca

STF

Dino acena para oposição e diz que ''não existe lado político'' no STF

Na sua primeira manifestação pública, ministro da Justiça diz, ao chegar ao Congresso nesta quarta-feira (29/11), que irá procurar todos senadores, "com muita humildade"; confira o vídeo

Publicado em: 29/11/2023 12:13 | Atualizado em: 29/11/2023 12:18

Flávio Dino durante coletiva no Congresso, com o relator do caso, Weverton Rocha (à esquerda), e o presidente em exercício do senado, Veneziano Vital do Rêgo
 (crédito: Evandro Éboli/CB/DA.Press)
Flávio Dino durante coletiva no Congresso, com o relator do caso, Weverton Rocha (à esquerda), e o presidente em exercício do senado, Veneziano Vital do Rêgo (crédito: Evandro Éboli/CB/DA.Press)

Na sua primeira manifestação pública desde que foi indicado pelo presidente Luiz Inácio Lula da Silva para ocupar uma vaga no Supremo Tribunal Federal (STF), o ministro da Justiça, Flávio Dino, fez um discurso de aceno para a oposição, disse que vai procurar todos os senadores, "com respeito e humildade", e que não há governo e oposição nesse "tipo de matéria".

 

Dino conversou com os jornalistas após encontro com o presidente em exercício do Senado, Veneziano Vital do Rêgo (MDB-PB).

 

 

 

A expectativa é que Dino se encontre com todos os 81 senadores até o dia 13, quando será avaliado, em votação secreta, na CCJ. Entretanto, parlamentares da oposição têm se mostrado resistentes ao nome do indicado e se negam a sentar com o ministro para articular voto.

 

Na noite de terça-feira (28), Dino participou de um jantar na casa do senador Randolfe Rodrigues (Rede-AP), líder do governo no Congresso, onde parlamentares governistas estiveram presentes e definiram estratégias para a “campanha”.

 

O relator da sabatina de Dino na CCJ, senador Weverton (PDT-MA), tem agido como cabo eleitoral do indicado e garantiu que o ministro será aprovado. “Os líderes, todos nós juntos, e os colegas senadores não teríamos 41 senadores e senadoras para aprovar um colega para mandar ao Supremo? Eu acredito que temos mais de 50", cravou.

 

As informações são do Correio Braziliense. 

 

Tags: Flávio Dino | stf |

COMENTÁRIOS

Os comentários a seguir não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.
MAIS NOTÍCIAS DO CANAL