Diario de Pernambuco
Busca

MINAS GERAIS

Ao lado de Pacheco, Lula critica Zema: "Não compareceu a nenhuma reunião"

O presidente afirmou que o governador de Minas Gerais enviou o vice para as reuniões com o ministro da Fazenda, Fernando Haddad, e garantiu que o governo federal vai "fazer todo o esforço" para solucionar o problema da dívida dos estados

Publicado em: 22/11/2023 22:18 | Atualizado em: 22/11/2023 22:34

O petista afirmou,em reunião com Pacheco, que Zema "não compareceu a nenhuma reunião", só "mandou o vice"  (foto: Pedro Gontijo/Agência Senado)
O petista afirmou,em reunião com Pacheco, que Zema "não compareceu a nenhuma reunião", só "mandou o vice" (foto: Pedro Gontijo/Agência Senado)

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) criticou o governador de Minas Gerais, Romeu Zema (Novo), em reunião com o presidente do Senado, Rodrigo Pacheco, e o ministro da Fazenda, Fernando Haddad. O petista afirmou que Zema “não compareceu a nenhuma reunião”, só “mandou o vice”, Mateus Simões (Novo).

 

“Eu estou na Presidência há 10 meses e de vez em quando eu ouço o Haddad falar que tem tentado discutir as dívidas dos estados com os governadores, e é importante lembrar que o governador de Minas Gerais não compareceu a nenhuma reunião. Ele mandou o vice”, disse Lula.

 

A crítica foi registrada em vídeo gravado durante a reunião entre o chefe do Executivo e os ministros, na terça-feira (21), ao qual o Correio teve acesso. No registro, Lula ainda garante que o governo federal vai “fazer todo o esforço” para solucionar o problema da dívida dos estados.

 

“Da parte do governo federal, vamos fazer todo o esforço para que a gente encontre uma solução amigável, que possa ser sustentável para o Estado e para a União, porque a gente não tem interesse em prejudicar nenhum estado, não temos interesse de prejudicar nenhum funcionário público. O que nós temos interesse é que todos os estados cumpram o que está na lei para que a gente possa ver esse país voltar à normalidade”, declarou o presidente. “Eu espero que daqui para a frente o governador compareça para conversar com o ministro da Fazenda”, completou.

 

Nesta quarta-feira (22), Zema compareceu ao Ministério da Fazenda para se reunir com Haddad. Após o encontro, o governador rebateu a crítica de Lula e disse que está empenhado em solucionar a dívida de Minas. “Eu estou aqui para solucionar. Se eu for xingado, apedrejado e solucionar, eu vou sair satisfeito”, afirmou.

 

 

 

Nas redes sociais, o governador de Minas Gerais também falou sobre o assunto e relembrou um encontro que teve com Haddad e governadores de outros estados. "Desde o início da minha gestão busco soluções para recuperação econômica de Minas. Em maio, ao lado dos outros governadores, estive com o ministro Haddad para resolver a dívida dos estados. Hoje, estou em Brasília, mais uma vez, na busca de diálogo e solução", escreveu Zema, que finalizou a publicação com a hashtag #MentiraTemPernaLonga.

 

 

Confira as informações no Correio Braziliense

 

COMENTÁRIOS

Os comentários a seguir não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.
MAIS NOTÍCIAS DO CANAL