Diario de Pernambuco
Diario de Pernambuco
Digital Digital Digital Digital
Digital Digital Digital Digital
Notícia de Política

OBITUÁRIO

Políticos lamentam a morte de Jô Soares: "Menos motivo para rir"

Publicado em: 05/08/2022 10:58

 (Foto: Reprodução/Tv Globo)
Foto: Reprodução/Tv Globo
A morte do humorista Jô Soares repercutiu no meio político na manhã desta sexta-feira (5/8). O artista morreu aos 84 anos nesta madrugada em São Paulo. A causa da morte não foi revelada pela família. 

Pelas redes sociais, o ex-ministro e candidato à presidência Ciro Gomes (PDT) disse que o "Brasil amanheceu muito triste, com menos motivo para rir e menos ágil no pensar". 

 
 
A também candidata à presidência Simone Tebet (MDB) também usou as redes para lembrar da importância de Jô Soares. "Seus personagens marcaram nossas vidas e o Brasil aprendeu muito com sua inteligência", afirmou. 

  
 
O presidente do Senado, Rodrigo Pacheco (PSD), chamou Jô de "um dos maiores comunicadores de nossos tempos."

 

O governador de São Paulo, Rodrigo Garcia (PSDB), também usou as redes sociais para lamentar a perda do artista.

Jô Soares foi uma explosão de talento que inundou o Brasil por gerações com inteligência e graça, um gênio da raça. Um beijo pro gordo e sua família. Que essa despedida nos deixe um sorriso de saudade. Viva o Jô!

— Rodrigo Garcia (@rodrigogarcia_) August 5, 2022

O ex-ministro Sergio Moro (União Brasil) disse que Jô era "uma grande personalidade pública"

 

O ex-governador de São Paulo João Doria (PSDB) também lamentou a morte de Jô nas redes sociais.
 
  
Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.
WIDGET PACK - Sistema de comentários
Manhã na Clube: entrevistas com dr. Heitor Medeiros e André Navarrete (Innovation Meeting)
Em busca de água, indígenas brasileiros encontram novo lar
Manhã na Clube: entrevista com Carlos Veras (PT), deputado federal
China executa maiores exercícios militares em décadas
Grupo Diario de Pernambuco