Diario de Pernambuco
Busca

ELEIÇÕES 2022

MPF recomenda que WhatsApp adie implementação de 'comunidades' para 2023

Publicado em: 29/07/2022 17:05 | Atualizado em: 29/07/2022 17:13

 (crédito: PixaBay/Reprodução)
crédito: PixaBay/Reprodução
A Procuradoria Regional dos Direitos do Cidadão do Ministério Público Federal (MPF) em São Paulo recomendou que o WhatsApp implemente no Brasil apenas em 2023 a função "Comunidades". O órgão afirma que está preocupado com a proliferação de fake news durante o período eleitoral, pois a ferramenta vai permitir que uma mensagem chegue a milhares de usuários ao mesmo tempo.

O aplicativo deve se manifestar em 20 dias sobre o pedido. Em caso de negativa, o MPF poderá acionar a Justiça para evitar a implementação das comunidades. A Procuradoria disse que o objetivo é "evitar que a atual política de enfrentamento à desinformação da empresa seja alterada ainda neste ano, em um momento no qual fake news sobre o funcionamento das instituições e a integridade do sistema de votação brasileiro podem colocar em risco a estabilidade democrática do país".

Atualmente, os grupos de WhatsApp podem ter no máximo 256 participantes. Como o novo recurso vai permitir o envio de mensagens para até 10 grupos. Ou seja, até 2.560 poderão ser atingidas ao mesmo tempo. Se o tamanho máximo de cada grupo dobrar, cada envio pode alcançar 5.120.

Além do risco de desinformação, o MPF também citou a invasão do Capitólio dos Estados Unidos, em janeiro do ano passado, como exemplo do que as fake news podem provocar. A recomendação fala ainda sobre o número de licenças de porte de arma que, no Brasil, cresceu mais de 470% nos últimos anos, segundo a Procuradoria.

“Algo que pode contribuir para que manifestações violentas, organizadas e infladas com base em notícias falsas sobre as instituições e os processos democráticos do país, levem a resultados imprevisíveis ao final deste segundo semestre", escreveu.

O WhatsApp disse, por meio de nota, que está ciente da recomendação do MPF sobre a data de lançamento de Comunidades no Brasil e que valoriza o diálogo e a cooperação com as autoridades brasileiras. "O WhatsApp seguirá avaliando de maneira cuidadosa e criteriosa o melhor momento para o lançamento dessa funcionalidade e apresentará sua resposta dentro do prazo estabelecido pela autoridade."

Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.
WIDGET PACK - Sistema de comentários
MAIS NOTÍCIAS DO CANAL

Lula sobre corrupção: 'No meu governo houve investigação e transparência'

17/08/2022 às 22h54

'Os servidores terão reajuste no ano que vem', promete Bolsonaro

17/08/2022 às 22h32

Bolsonaro promete zerar impostos sobre combustíveis também em 2023

17/08/2022 às 22h24

PF afirma que Bolsonaro incitou crime ao relacionar vacina e Aids

17/08/2022 às 22h16

Soraya Thronicke propõe substituir impostos federais por um só tributo

17/08/2022 às 21h11

Vera Lúcia quer garantia de igualdade na disputa eleitoral

17/08/2022 às 21h02

Sofia Manzano defende investimentos em instituições públicas

17/08/2022 às 20h59

Felipe D%u2019Avila defende melhora do ensino básico

17/08/2022 às 20h56

Câmara do Rio rejeita recurso de vereador contra pedido de cassação

17/08/2022 às 20h39

STF retoma julgamento sobre nova Lei de Improbidade

17/08/2022 às 20h37

Desfile de 7 de Setembro foi cancelado no Rio de Janeiro, diz prefeito

17/08/2022 às 20h32

Lula: 'Bolsonaro decidiu tentar enganar o povo às vésperas da eleição'

17/08/2022 às 19h52

Senado aprova marco regulatório para exploração de energia em alto mar

17/08/2022 às 19h50

General toma posse como ministro do Superior Tribunal Militar

17/08/2022 às 19h49

Carlos explica presença na posse de Moraes: 'Pedi para ir e meu pai deixou'

17/08/2022 às 19h39

Candidato se encontrou com representantes do Brasil Competitivo

Felipe DAvila defende melhora do ensino básico

17/08/2022 às 19h28

Processo contra Gabriel Monteiro deve ser votado nesta quinta-feira

Câmara do Rio rejeita recurso de vereador contra pedido de cassação

17/08/2022 às 19h14

Fecomércio-PE promoverá rodada de debates com cinco dos/as 11 candidatos/as ao governo de PE

17/08/2022 às 18h58