Diario de Pernambuco
Busca

ELEIÇÕES 2022

Datafolha: Bolsonaro cresce 6 pontos entre mulheres; Lula ainda lidera com 46%

Publicado em: 28/07/2022 20:36

 (crédito: MAURO PIMENTEL)
crédito: MAURO PIMENTEL
O presidente Jair Bolsonaro (PL) ganhou popularidade entre o eleitorado feminino no último mês. Segundo a nova pesquisa Datafolha, divulgada nesta quinta-feira (28), o mandatário cresceu seis pontos percentuais em relação ao último levantamento, em junho, e registrou preferência de 27% das mulheres que responderam a pesquisa. 

No entanto, o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) continua a liderar neste recorte da população, com 46%. As mulheres são 52% do eleitorado brasileiro. 

Já Lula cresceu quatro pontos entre homens — acima da margem de erro que é de três pontos nesse segmento. Ele lidera com 48%, enquanto Bolsonaro caiu quatro pontos e marca 32%. Esse eleitorado representa 48% da população. 

A pesquisa foi realizada entre quarta (27) e quinta-feira (28) e entrevistou 2.566 pessoas, acima de 16 anos, em 183 cidades. O levantamento está registrado no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) sob o nº BR-01192/2022. A margem de erro é de dois pontos percentuais, para mais ou menos.

Bolsonaro também abriu três pontos de vantagem sobre Lula entre evangélicos, mesmo com o escândalo do envolvimento de pastores no Ministério da Educação (MEC) durante a gestão do também pastor Milton Ribeiro, que chegou a ser preso em 22 de junho. Ele registra 43% da intenção de votos — em junho eram 40% — e Lula marca 33%, antes tinha 35%. Esse eleitorado representa 25% da amostra. 

Entre pessoas que ganham até dois salários mínimos, outro segmento importante, Bolsonaro ganhou três pontos percentuais e marcou 23%. No entanto, o crescimento está dentro da margem de erro para o recorte. Lula continua a liderar entre esta parte da população, com 54% das intenções de votos.

Na amostra geral, Lula se mantém à frente de Bolsonaro com 47% 
 
A nova rodada da pesquisa Datafolha, divulgada nesta quinta-feira (28), mostra que o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) se mantém estável à frente da corrida eleitoral para o Palácio do Planalto. No levantamento, o petista aparece com 47%, percentual suficiente para vencer no primeiro turno, visto que todos os outros pré-candidatos, juntos, somam 42% da preferência dos entrevistados.

Já o presidente Jair Bolsonaro (PL) registrou um aumento de um ponto percentual em relação ao último levantamento e aparece em segundo lugar com 29%. 

A sondagem é a primeira do Instituto Datafolha a ser feita após a aprovação da proposta de emenda à Constituição (PEC) 1/2022, conhecida como PEC das Bondades, que prevê o aumento do Auxílio Brasil para R$ 600 e uma série de benefícios para outros setores de trabalhadores, e a queda no preço dos combustíveis — que se mantém abaixo de R$ 6 desde 11 de julho.

Ciro Gomes (PDT) aparece em terceiro lugar com 8% das intenções de voto e Simone Tebet (MDB) com 2%. André Janones (Avante), Pablo Marçal (Pros) e Vera Lúcia (PSTU) aparecem com 1% dos votos cada. Brancos e nulos somam 6%. 

No último levantamento do instituto, Lula estava com 19 pontos percentuais sobre Bolsonaro e chegou a registrar 47% da intenção dos votos, percentual que o ajudaria a vencer as eleições no primeiro turno, já que apresentava uma intenção de voto maior do que a de todos os concorrentes juntos. O mandatário marcou 28% e Ciro Gomes 8%.
Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.
WIDGET PACK - Sistema de comentários
MAIS NOTÍCIAS DO CANAL

Lista de convidados da posse de Moraes no TSE repercute no meio político

18/08/2022 às 08h47

Bolsonaro participa do lançamento da candidatura de Tarcísio em SP

18/08/2022 às 08h32

'Estou mais experiente, sei o que é governar e como governar', diz Lula

18/08/2022 às 08h28

Lula sobre corrupção: 'No meu governo houve investigação e transparência'

17/08/2022 às 22h54

'Os servidores terão reajuste no ano que vem', promete Bolsonaro

17/08/2022 às 22h32

Bolsonaro promete zerar impostos sobre combustíveis também em 2023

17/08/2022 às 22h24

PF afirma que Bolsonaro incitou crime ao relacionar vacina e Aids

17/08/2022 às 22h16

Soraya Thronicke propõe substituir impostos federais por um só tributo

17/08/2022 às 21h11

Vera Lúcia quer garantia de igualdade na disputa eleitoral

17/08/2022 às 21h02

Sofia Manzano defende investimentos em instituições públicas

17/08/2022 às 20h59

Felipe D%u2019Avila defende melhora do ensino básico

17/08/2022 às 20h56

Câmara do Rio rejeita recurso de vereador contra pedido de cassação

17/08/2022 às 20h39

STF retoma julgamento sobre nova Lei de Improbidade

17/08/2022 às 20h37

Desfile de 7 de Setembro foi cancelado no Rio de Janeiro, diz prefeito

17/08/2022 às 20h32

Lula: 'Bolsonaro decidiu tentar enganar o povo às vésperas da eleição'

17/08/2022 às 19h52

Senado aprova marco regulatório para exploração de energia em alto mar

17/08/2022 às 19h50

General toma posse como ministro do Superior Tribunal Militar

17/08/2022 às 19h49

Carlos explica presença na posse de Moraes: 'Pedi para ir e meu pai deixou'

17/08/2022 às 19h39