Diario de Pernambuco
Busca

ELEIÇÕES 2022

Ciro defende estado laico e acusa Bolsonaro de manipular evangélicos

Publicado em: 28/07/2022 13:40

 (crédito: GloboNews/Reprodução)
crédito: GloboNews/Reprodução
O candidato à presidência da República Ciro Gomes (PDT) acusou Jair Bolsonaro (PL) de manipular a fé de seu eleitorado para fins políticos. “O estado brasileiro é laico. Isso significa que não se pode perseguir ou preferir religiões em detrimento de outras”, iniciou o ex-governador do Ceará.

Conforme o presidenciável, “é dever do governo proteger a tolerância religiosa”, o que implica “as diversas formas de adoração à Deus”. “Temos que proteger até mesmo aqueles que não têm fé e não compreendem a transcendência do divino”, avaliou Ciro em entrevista à GloboNews.

Na sequência, ao direcionar sua fala para religiosos que apoiam o chefe do Executivo, Ciro mirou sua crítica em Bolsonaro. “Falo para todos os cristãos, mas especialmente para os evangélicos que o Bolsonaro tem tentado manipular: a Constituição de 1824 no Brasil obrigou que a religião oficial fosse a católica. Veio a República, em linha com as melhores práticas internacionais, e cria o estado laico”, iniciou.
 
“O Bolsonaro manipula como se isso fosse transformar o estado em materialista. Não é isso. O estado apenas não pode impor ao católico, que faria de todos os evangélicos marginais à lei constitucional brasileira. Não podemos matar pessoas ou quebrar terreiros de umbanda. Todas as vezes que a política manipulou a religiosidade do povo resultou em genocídio e radicalismo”, concluiu.

Em adicional nas redes sociais, o pedetista pontuou que “a democracia é a única forma de vivermos de forma civilizada”. “Eu sei que a democracia está fracassando porque não basta ter liberdade de ler, ouvir e se organizar. É preciso comer, trabalhar e receber salário digno. Mas isso a gente consegue também!”.
Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.
WIDGET PACK - Sistema de comentários
MAIS NOTÍCIAS DO CANAL

STF: maioria é contra ação para anular pagamento a profissionais de saúde

13/08/2022 às 18h42

Lula promete continuidade de auxílio de R$ 600 caso seja reeleito

13/08/2022 às 14h41

Prazo para pedir voto em trânsito termina na próxima quinta-feira

13/08/2022 às 12h58

Líderes neopentecostais pregam para reeleger Bolsonaro

13/08/2022 às 08h35

Deputado Joel da Harpa elabora PL contra a publicidade de alimentos ricos em açúcar nas escolas

12/08/2022 às 22h44

Novo diretor da Anvisa toma posse nesta sexta-feira

12/08/2022 às 22h42

Encontro de candidatas negras do Nordeste debate projeto político contra o racismo

12/08/2022 às 22h10

Silvio Costa critica Marília Arraes por escolha de candidato ao Senado

12/08/2022 às 21h50

TSE divulga cálculo para distribuição de tempo no horário eleitoral

12/08/2022 às 21h41

Roberto Jefferson registra candidatura à Presidência no TSE

12/08/2022 às 21h36

Defesa afirma que supersalários divulgados 'apresentam incorreções'

12/08/2022 às 20h49

Após reajuste no Judiciário, parlamentares também querem aumentar salários

12/08/2022 às 20h44

Barroso envia à PGR acusação contra Bolsonaro por crimes durante a pandemia

12/08/2022 às 19h21

D'Ávila fala em 'erradicar pobreza extrema' em quatro anos

12/08/2022 às 19h16

Bolsonaristas confundem tenente da FAB com Taylor Swift

12/08/2022 às 19h11

Bolsonaro sobre carta pela democracia: 'Preocupados com minha popularidade?'

12/08/2022 às 18h13

PL pedia exclusão do material da internet alegando propaganda eleitoral antecipada e ofensa à honra

TSE nega pedido para excluir vídeo em que Lula chama Bolsonaro de mentiroso

12/08/2022 às 17h23

Ministro indicado pelo presidente Bolsonaro pediu mais tempo para analisar ações que envolvem o chefe do Executivo

Mendonça suspende análise de inquéritos contra Bolsonaro no STF

12/08/2022 às 17h18