Diario de Pernambuco
Busca

LIVE

Bolsonaro lamenta morte de PM em operação no RJ e ignora outras 17 vítimas

Publicado em: 21/07/2022 21:51

 (Foto: Reprodução / Redes Sociais)
Foto: Reprodução / Redes Sociais
O presidente Jair Bolsonaro (PL) lamentou, nesta quinta-feira (21), a morte do cabo da Polícia Militar Bruno de Paula Costa durante operação no Complexo do Alemão, no Rio de Janeiro. Ao menos outras 17 pessoas também faleceram no confronto, mas não foram citadas pelo presidente. O chefe do Executivo caracterizou o caso como "um fato lamentável" decorrente de "confronto com bandidos". 

De acordo com as Polícias Civil e Militar do Rio de Janeiro, 18 pessoas morreram na operação— um PM, 16 suspeitos e uma mulher atingida enquanto passava de carro pelo local.

"No Rio de Janeiro, o cabo Bruno de Paula Costa faleceu vitimado aí por confronto com bandidos. Ele estava na Unidade de Polícia Pacificadora (UPP) Nova Brasília. Foi socorrido, não resistiu. Tinha 38 anos, deixa viúva e dois filhos portadores do espectro autista", apontou, mostrando uma folha com a foto impressa em preto e branco do policial. 

"A fotografia dele: até quando vi aqui me emocionei, meu colega paraquedista. Deve ter feito o curso enquanto serviu na comunidade da brigada paraquedista", prosseguiu.

Bolsonaro ainda alegou que o Supremo Tribunal Federal (STF) "protege" áreas no Rio de Janeiro onde a polícia não pode agir e comparou a operação a um "filme de caubói".

"Nossos sentimentos à família. Lamentamos o ocorrido. E, obviamente, né. Até hoje, o Rio de Janeiro tem área de exclusão onde a PM não pode agir por decisão do STF. E a bandidagem cresce nessa área. E a PM fica com dificuldade para combater esses marginais. É algo parecido, quando a gente via filme de caubói no passado, quando alguém cometia um crime nos EUA e ele fugia. Quando chegava no México, a patrulha americana não podia entrar naquele estado e ele estava em paz lá no México. Aqui a mesma coisa acontece no Rio de Janeiro nessas áreas protegidas pelo STF. E protegidos, quanto mais protegidos, melhores armados eles vão ficando e quando entram em ação o lado de cá que é o lado da lei por muitas vezes sofre baixas como aqui a do paraquedista cabo De Paula. Nossos sentimentos aos familiares para que Deus conforte, acolha o De Paula na sua infinita bondade", concluiu.

O chefe do Executivo, no entanto, ignorou as pelos menos outras 17 mortes em meio à operação. Uma delas, a de uma moradora identificada como Letícia Marinho Salles, 50 anos. Segundo parentes que a acompanhavam, o carro em que estavam foi alvejado por um policial. No momento do disparo, o veículo estava parado em um sinal de trânsito após terem saído da comunidade.

Segundo a Polícia Civil, a divulgação de todas as identificações dos falecidos deve ocorrer até o começo da próxima semana.

A Defensoria Pública do Rio afirmou, em nota divulgada na noite desta quinta-feira, 21, que "há indícios de situações de grave violação de direitos" durante a operação policial realizada horas antes no complexo do Alemão, "com possibilidade desta ser uma das operações com maior índice de mortos no Rio de Janeiro".
Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.
WIDGET PACK - Sistema de comentários
MAIS NOTÍCIAS DO CANAL

Lula promete continuidade de auxílio de R$ 600 caso seja reeleito

13/08/2022 às 14h41

Prazo para pedir voto em trânsito termina na próxima quinta-feira

13/08/2022 às 12h58

Líderes neopentecostais pregam para reeleger Bolsonaro

13/08/2022 às 08h35

Deputado Joel da Harpa elabora PL contra a publicidade de alimentos ricos em açúcar nas escolas

12/08/2022 às 22h44

Novo diretor da Anvisa toma posse nesta sexta-feira

12/08/2022 às 22h42

Encontro de candidatas negras do Nordeste debate projeto político contra o racismo

12/08/2022 às 22h10

Silvio Costa critica Marília Arraes por escolha de candidato ao Senado

12/08/2022 às 21h50

TSE divulga cálculo para distribuição de tempo no horário eleitoral

12/08/2022 às 21h41

Roberto Jefferson registra candidatura à Presidência no TSE

12/08/2022 às 21h36

Defesa afirma que supersalários divulgados 'apresentam incorreções'

12/08/2022 às 20h49

Após reajuste no Judiciário, parlamentares também querem aumentar salários

12/08/2022 às 20h44

Barroso envia à PGR acusação contra Bolsonaro por crimes durante a pandemia

12/08/2022 às 19h21

D'Ávila fala em 'erradicar pobreza extrema' em quatro anos

12/08/2022 às 19h16

Bolsonaristas confundem tenente da FAB com Taylor Swift

12/08/2022 às 19h11

Bolsonaro sobre carta pela democracia: 'Preocupados com minha popularidade?'

12/08/2022 às 18h13

PL pedia exclusão do material da internet alegando propaganda eleitoral antecipada e ofensa à honra

TSE nega pedido para excluir vídeo em que Lula chama Bolsonaro de mentiroso

12/08/2022 às 17h23

Ministro indicado pelo presidente Bolsonaro pediu mais tempo para analisar ações que envolvem o chefe do Executivo

Mendonça suspende análise de inquéritos contra Bolsonaro no STF

12/08/2022 às 17h18

Até agora foram registradas 10 candidaturas à Presidência da República

Prazo para registro de candidatos termina na segunda

12/08/2022 às 17h12