Diario de Pernambuco
Busca

ASSASSINATO

Bolsonarista é denunciado pelo MP por assassinato de petista

Publicado em: 20/07/2022 16:03

 (foto: Redes Sociais/Reprodução)
foto: Redes Sociais/Reprodução
O Ministério Público do Paraná (MP-PR) denunciou nesta quarta-feira (20), o policial penal bolsonarista Jorge Jose Guaranho pelo assassinato do guarda municipal petista Marcelo Arruda, em Foz do Iguaçu, no Paraná. 
 
Os promotores do MP do Paraná concederam uma entrevista coletiva para detalhar a ação penal. Estavam presentes os promotores de Justiça Tiago Lisboa Mendonça e Luís Marcelo Mafra Bernardes da Silva.
 
De acordo com Bernardes da Silva, Jorge José Guaranho, apoiador do presidente Jair Bolsonaro (PL), agiu por motivo fútil, por "preferências político-partidárias antagônicas".

Segundo os promotores, retorno do polícial ao local onde aconteceu o assassinato se deu porque, ele se sentiu "humilhado" pelos petistas presentes. De acordo com os relatos, ele teria gritado, ao atirar, "não vai sobrar um petista”.

“Na hora que ele retornou, ele gritou 'aqui é Bolsonaro' o que nos garante esse link. Por isso que nós convencemos que se trata de uma motivação política”, explicou Bernardes da Silva.

Os promotores preferiram denunciá-lo hoje, mesmo sem ter em mãos todos os laudos periciais, porque, caso contrário, Guaranho poderia ser solto. "O MP entendeu nesse juízo de análise que foi feito, nesse prazo de cinco dias, que apesar dos laudos importantíssimos e fundamentais, não são imprescindíveis para o oferecimento da denúncia. O não oferecimento da denúncia nesse ato poderia acarretar no fato grave que seria a soltura do réu", disse Tiago Lisboa.
 
Ainda de acordo com os promotores, não foi constatada prática de crimes de ódio, discriminação, ou contra o estado democrático de direito.

Marcelo Arruda morreu na noite do dia 9 em Foz do Iguaçu, no Paraná, durante uma festa de aniversário temática do Partido dos Trabalhadores (PT).

Arruda comemorava seus 50 anos quando Jorge José da Rocha Guaranho, apoiador do presidente Jair Bolsonaro (PL) e agente penitenciário, invadiu o local com uma arma e o assassinou.
 
Arruda era guarda municipal, diretor do Sindicato dos Servidores Municipais de Foz (Sismufi) e tesoureiro do PT municipal.

Ele comemorava o aniversário na sede da Associação Esportiva Saúde Física Itaipu, quando Guaranho passou de carro e começou a entoar gritos de apoio a Bolsonaro e contra Lula (PT) - ambos pré-candidatos à Presidência da República nas eleições de outubro de 2022.
Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.
WIDGET PACK - Sistema de comentários
MAIS NOTÍCIAS DO CANAL

Lula promete continuidade de auxílio de R$ 600 caso seja reeleito

13/08/2022 às 14h41

Prazo para pedir voto em trânsito termina na próxima quinta-feira

13/08/2022 às 12h58

Líderes neopentecostais pregam para reeleger Bolsonaro

13/08/2022 às 08h35

Deputado Joel da Harpa elabora PL contra a publicidade de alimentos ricos em açúcar nas escolas

12/08/2022 às 22h44

Novo diretor da Anvisa toma posse nesta sexta-feira

12/08/2022 às 22h42

Encontro de candidatas negras do Nordeste debate projeto político contra o racismo

12/08/2022 às 22h10

Silvio Costa critica Marília Arraes por escolha de candidato ao Senado

12/08/2022 às 21h50

TSE divulga cálculo para distribuição de tempo no horário eleitoral

12/08/2022 às 21h41

Roberto Jefferson registra candidatura à Presidência no TSE

12/08/2022 às 21h36

Defesa afirma que supersalários divulgados 'apresentam incorreções'

12/08/2022 às 20h49

Após reajuste no Judiciário, parlamentares também querem aumentar salários

12/08/2022 às 20h44

Barroso envia à PGR acusação contra Bolsonaro por crimes durante a pandemia

12/08/2022 às 19h21

D'Ávila fala em 'erradicar pobreza extrema' em quatro anos

12/08/2022 às 19h16

Bolsonaristas confundem tenente da FAB com Taylor Swift

12/08/2022 às 19h11

Bolsonaro sobre carta pela democracia: 'Preocupados com minha popularidade?'

12/08/2022 às 18h13

PL pedia exclusão do material da internet alegando propaganda eleitoral antecipada e ofensa à honra

TSE nega pedido para excluir vídeo em que Lula chama Bolsonaro de mentiroso

12/08/2022 às 17h23

Ministro indicado pelo presidente Bolsonaro pediu mais tempo para analisar ações que envolvem o chefe do Executivo

Mendonça suspende análise de inquéritos contra Bolsonaro no STF

12/08/2022 às 17h18

Até agora foram registradas 10 candidaturas à Presidência da República

Prazo para registro de candidatos termina na segunda

12/08/2022 às 17h12