Diario de Pernambuco
Busca

ELEIÇÕES

Apoiar Tebet onde Lula tem 60% dos votos é 'suicídio', diz Renan Calheiros

Publicado em: 28/07/2022 18:46

 (O senador lidera a ala emedebista que apoia o ex-presidente Lula e tentou adiar a convenção nacional do MDB, que referendou o nome de Tebet. Foto: Waldemir Barreto/Agência Senado)
O senador lidera a ala emedebista que apoia o ex-presidente Lula e tentou adiar a convenção nacional do MDB, que referendou o nome de Tebet. Foto: Waldemir Barreto/Agência Senado
O senador Renan Calheiros (MDB-AL) afirmou, nesta quinta-feira (28), que é "suicídio" apoiar a candidatura da senadora Simone Tebet (MDB) em estados onde o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) tem mais de 60% das intenções de voto para o cargo de presidente da República. Calheiros disse que não trabalhará para a desistência de Tebet, mas comparou a candidatura dela à de Henrique Meirelles (MDB) em 2018, que teve 1,2% dos votos.

"Tudo se faz democraticamente. Nós temos com a Simone o melhor relacionamento. Isso é uma divergência política", disse o senador em entrevista ao portal UOL, após ser questionado sobre a convenção nacional de seu partido que ocorreu ontem (27) e confirmou o nome de Tebet ao Planalto. "Em estados onde Lula tem 60% dos votos, será um suicídio apoiar uma candidatura que evidentemente não decolou", completou.

"Não vou trabalhar pela desistência"
Calheiros lidera uma ala do MDB que apoia Lula e tentou levar a legenda a apoiar o ex-presidente ainda no primeiro turno, em detrimento da candidatura de Tebet. Um representante do diretório emedebista de Alagoas, presidido por Calheiros chegou a entrar com uma ação no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) para adiar a convenção nacional, mas o pedido foi negado pelo presidente da Corte, o ministro Edson Fachin. O senador, em protesto, não participou da convenção.

Na entrevista, Calheiros defendeu que o MDB deveria tomar o mesmo caminho do PSDB e do Cidadania, que decidiram não ter candidatura própria - e que declararam apoio a Tebet. "Não poderíamos repetir o que aconteceu na eleição de 2018, quando Meirelles teve 1% dos votos, o que, infelizmente, é o que a Simone Tebet tem hoje do Datafolha, e reduziu as nossas bancadas na Câmara e no Senado pela metade", disse o senador. A última pesquisa Datafolha foi divulgada no final do mês passado, e a versão mais recente deve ser divulgada ainda nesta quinta.

"Não vou trabalhar pela desistência [de Tebet]. Eu torço para que ela cresça, possa modificar esse cenário das pesquisas eleitorais", disse Calheiros. "Só lamento que os argumentos em defesa de Simone sejam os mesmos do Meirelles".
Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.
WIDGET PACK - Sistema de comentários
MAIS NOTÍCIAS DO CANAL

Datafolha: 51% dizem não votar em Bolsonaro de jeito nenhum

18/08/2022 às 19h21

Datafolha: Bolsonaro cresce, vai a 32% e vantagem de Lula cai para 15 pontos

18/08/2022 às 19h17

TSE informa tempo dos candidatos à Presidência no horário eleitoral

18/08/2022 às 19h14

Eymael assina termo de compromisso Presidente Amigo da Criança

18/08/2022 às 19h09

Raquel Lyra participa de sabatina e apresenta propostas para o empreendedorismo em PE

18/08/2022 às 18h50

Felipe D'Avila diz que prioridade é fazer economia voltar a crescer

18/08/2022 às 18h47

STF: nova Lei de Improbidade não retroage para casos julgados

18/08/2022 às 18h45

Miguel cumpre agenda no camelódromo e promete zerar ICMS para microeemprededores

18/08/2022 às 18h24

Lira sobre ataques às urnas: 'Só leva à insegurança e instabilidade no país'

18/08/2022 às 18h19

Em agenda pelo Sertão do Araripe, Marília promete melhorias nas estradas e na Saúde

18/08/2022 às 18h12

"Bolsonaristas com muito orgulho", afirmam os Tércio em defesa à reeleição de Bolsonaro

18/08/2022 às 17h34

Prazo para solicitar voto em trânsito termina nesta quinta-feira (18)

18/08/2022 às 16h30

Haddad critica orçamento secreto em evento e rebate rejeição nas pesquisas

18/08/2022 às 16h20

'Tchutchuca do Centrão': saiba a origem da expressão que irritou Bolsonaro

18/08/2022 às 16h15

Simone Tebet quer o fim da reeleição e do orçamento secreto

18/08/2022 às 16h10

DP

Ciro Gomes diz que vai reformar CLT protegendo renda dos trabalhadores

18/08/2022 às 16h05

Bolsonaro defende escolha de ministros por critérios técnicos

18/08/2022 às 16h00

Bolsonaro tenta tirar celular da mão de influenciador que o questionava

18/08/2022 às 14h20