Diario de Pernambuco
Diario de Pernambuco
Digital Digital Digital Digital
Digital Digital Digital Digital
Notícia de Política

INVESTIGAÇÃO

Ana Cristina Valle, ex-mulher de Bolsonaro, falta a depoimento marcado na PF

Publicado em: 21/07/2022 16:02

 (crédito: TikTok /Reprodução )
crédito: TikTok /Reprodução
Ana Cristina Valle, ex-mulher do presidente Jair Bolsonaro (PL), faltou ao depoimento marcado na Polícia Federal. Ela foi intimada a depor no inquérito aberto para apurar suposta prática de tráfico de influência por parte de Jair Renan, filho dela com o chefe do Executivo, o "zero quatro".

Os investigadores apuram que Jair Renan intermediou contatos de empresários com integrantes do governo federal em troca da captação de doações para a montagem de sua empresa de eventos Bolsonaro Jr Eventos e Mídia. Com a ausência do depoimento, a PF deve remarcar as oitivas para os próximos dias.

No mês de abril, Jair Renan depôs por mais de cinco horas na Superintendência da Polícia Federal, em Brasília. Na ocasião, o advogado da família Bolsonaro, Frederick Wassef, afirmou que o filho do presidente é vítima de fake news.

A PF tentava ouvir Jair Renan há quatro meses. Ele já havia sido intimado em dezembro, por meio da sua defesa, mas não compareceu ao depoimento. De acordo com a investigação da PF, Zero Quatro teria atuado junto ao governo em benefício da própria empresa. O inquérito foi aberto em março de 2021, a pedido do Ministério Público Federal (MPF), com base em denúncia apresentada por parlamentares da oposição.

Empresa sob investigação
 
A Bolsonaro Jr Eventos e Mídia, empresa de Jair Renan, foi criada no fim do ano passado. A PF investiga se a empresa foi criada para promover articulações entre a Gramazini Granitos e Mármores Thomazini, grupo empresarial que atua nos setores de mineração e construção, e o ministro do Desenvolvimento Regional, Rogério Marinho.

Outro ponto que chamou atenção dos investigadores foi que o grupo empresarial que atua nos setores de mineração e construção — e tem interesses junto ao governo federal — presenteou Jair Renan e o empresário Allan Lucena, um dos parceiros comerciais do filho do presidente, com um carro elétrico avaliado em R$ 90 mil.
Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.
WIDGET PACK - Sistema de comentários
Manhã na Clube: entrevistas com dr. Heitor Medeiros e André Navarrete (Innovation Meeting)
Em busca de água, indígenas brasileiros encontram novo lar
Manhã na Clube: entrevista com Carlos Veras (PT), deputado federal
China executa maiores exercícios militares em décadas
Grupo Diario de Pernambuco