Diario de Pernambuco
Diario de Pernambuco
Digital Digital Digital Digital
Digital Digital Digital Digital
Notícia de Política

ELEIÇÕES 2022

"Estou há 30 anos nos bastidores e quero legislar", diz Cristina Bolsonaro

Publicado em: 04/06/2022 16:19

 (Foto: Victor Correia/CB/D.A. Press)
Foto: Victor Correia/CB/D.A. Press
A pré-candidata a deputada distrital, Ana Cristina Valle (PP), ex-esposa do presidente Jair Bolsonaro (PL), afirmou neste sábado (04/5) que o posse e porte de armas será um dos principais temas de sua campanha ao cargo, junto com o empoderamento da mulher e a valorização das forças auxiliares - corpo de bombeiros e polícia militar.

Cristina, que usa o nome Bolsonaro nas redes sociais, participou neste sábado de um treinamento no Clube 61 de tiro. Ao Correio, a pré-candidata disse ainda que seu filho Jair Renan Bolsonaro também está fazendo o curso, e está no módulo avançado.

"Eu sou defensora do armamento. Sempre fui. Casada com quem eu fui, tem que ser né?", afirmou Cristina. "Eu penso em juntar e conversar com o próprio CAC (Caçador, Atirador e Colecionador), com os CACs aqui de Brasília, sobre o que a gente pode melhorar no Distrito Federal".

Dados da Polícia Federal mostram que o DF é a unidade da federação que teve maior número de registros de armas entre janeiro e março de 2022, com 7.085 novos armamentos. De acordo com o Anuário Brasileiro de Segurança Pública de 2021, o total de armas no ano passado no DF era de 236.296 registros - incluindo cidadãos comuns e profissionais, como militares. Desde 2017, o aumento foi de 562%.

"Eu sempre tive vontade de ter tanto a posse quanto o porte, e nunca fiz. Antes de 2018 era muito difícil isso acontecer. Depois de 2019, começou a melhorar muito", afirma Cristina Bolsonaro. "Eu quero os dois, tanto para a minha defesa, quanto para a da minha casa. Só quem tem direito à segurança do Gabinete de Segurança Institucional (GSI) é o meu filho. Eu não tenho direito a nada. Então preciso me defender de alguma forma", completa.

A pré-candidata cita tentativa de invasão ocorrida em janeiro à sua casa, onde mora com Jair Renan. Segundo o relato, o assessor de Renan, Diego Pupe, viu um homem pular o muro da casa na madrugada do dia 20 de janeiro. A Polícia Militar do DF e o GSI foram acionados, mas não constataram sinais da invasão.

Demandas dos CACs no Distrito Federal

O treinamento de Cristina Bolsonaro está sendo realizado por Maciel de Carvalho, instrutor e CEO da 357 Academia do Tiro. "Embora nós tenhamos uma crescente muito exponencial de pessoas adquirindo armas, essas armas estão sendo adquiridas por muitas pessoas que não sabem manuseá-las", disse o instrutor. Segundo ele, sua academia só permite que o aluno tire o Certificado de Registro (CR), necessário para a posse de armas, após um treinamento básico, e não apenas com os testes exigidos pelo Exército e pela Polícia Federal.

Além de realizar o treinamento, Maciel tem diálogo com a pré-candidata para falar sobre as demandas dos CACs no Distrito Federal. "CAC não é bandido. Para que possamos ter o direito de portar uma arma, o CAC passa por uma série de exames, bem como todas as questões de nada consta. Não é qualquer pessoa que pode tirar", diz. "É mais fácil você ter uma arma em casa do que estar com o pelotão inteiro [da polícia] no telefone. Ele vai chegar em 15 minutos. Se você tiver uma arma em casa, você resolve isso em dois minutos. Claro, de forma legalizada, nada que seja feito de forma obscura ou escusa", completa.

Cristina Bolsonaro defende também a valorização das mulheres e das forças auxiliares, como o Corpo de Bombeiros e a Polícia Militar. "Eu trabalhei na campanha de todos os meninos e do Jair também, e de um vereador lá de Resende (RJ). Estou há 30 anos nos bastidores, e agora quero legislar". Ela cita como inspiração a deputada federal Celina Leão (PP-DF). "Nós trabalhados juntas, e eu quero pegar a mesma linha dela".
Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.
WIDGET PACK - Sistema de comentários
Nova presidente da Caixa toma posse e anuncia primeiras medidas
Manhã na Clube: entrevista com o ex-ministro e pré-candidato ao senado, Gilson Machado
Suspeito de ataque a tiros com seis mortos é detido nos EUA
Manhã na Clube: entrevistas com o pastor Wellington Carneiro e Alexandre Castelano
Grupo Diario de Pernambuco