Diario de Pernambuco
Diario de Pernambuco
Digital Digital Digital Digital
Digital Digital Digital Digital
Notícia de Política

ELEIÇÕES 2022

'É se humilhar demais', diz Lula sobre suposto pedido de Bolsonaro a Biden

Publicado em: 14/06/2022 17:37

 (crédito: Divulgação/Ricardo Stuckert
)
crédito: Divulgação/Ricardo Stuckert
O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) criticou nesta terça-feira (14/6) o pedido de ajuda que o presidente Jair Bolsonaro (PL) teria feito ao presidente norte-americano Joe Biden de ajuda contra o petista nas eleições. Segundo o ex-presidente, o pedido seria “se humilhar demais”.

“Ele foi lá, segundo a imprensa americana, pedir para o Biden ajudar ele a não deixar eu ganhar as eleições? Será que isso é verdade? Eu vi ontem na imprensa, eu vi na imprensa americana”, disse Lula em entrevista à rádio Vitoriosa, de Uberlândia (MG). “Eu, por Deus do céu, não acredito que isso seja verdade. Porque isso é se humilhar demais”, completou.

Segundo a agência de notícias Bloomberg, o pedido foi feito durante reunião privada entre Bolsonaro e Biden na última quinta-feira (9), em Los Angeles, onde o presidente brasileiro participou da Cúpula das Américas. Bolsonaro, porém, nega ter feito o pedido.

Lula ainda criticou a Cúpula das Américas, que classificou como “fracassada” devido ao boicote de países como o México, que deixaram de ir ao encontro após Nicarágua, Venezuela e Cuba não terem sido convidados. “Quando ele [Bolsonaro] fala que a conversa foi extraordinária, que foi fantástica, diga o que conversou, diga qual foi o acordo”, afirmou o ex-presidente.
Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.
WIDGET PACK - Sistema de comentários
Suspeito de ataque a tiros com seis mortos é detido nos EUA
Manhã na Clube: entrevistas com o pastor Wellington Carneiro e Alexandre Castelano
Planta gigante, prima da vitória-régia, é descoberta em Londres
Manhã na Clube: entrevistas com a deputada estadual Teresa Leitão (PT) e Juliana César
Grupo Diario de Pernambuco