Diario de Pernambuco
Diario de Pernambuco
Digital Digital Digital Digital
Digital Digital Digital Digital
Notícia de Política

Eleições

Agora são nove na disputa ao Governo de Pernambuco

Publicado em: 14/06/2022 22:20 | Atualizado em: 14/06/2022 22:51

 (Foto: Romulo Chico/ Esp DP)
Foto: Romulo Chico/ Esp DP
A corrida pelo Palácio do Campo das Princesas nessas eleições agora conta com mais um palanque. O Partido Trabalhista Brasileiro (PTB/PE) lançou nesta terça-feira (14) a pré-candidatura do pastor Wellington Carneiro ao governo do estado. A chapa já conta com a definição do cargo de vice que será da advogada Caroline Tosaka, presidente do PTB Mulher em Pernambuco, mas ainda sem a indicação para o Senado. Os pré-candidatos apresentaram, segundo eles, a chapa mais conservadora do estado, cujo objetivo é resgatar e defender os valores tradicionais apoiando "irrestritamente" o presidente Jair Bolsonaro.

Com a chegada do PTB, o bolo da oposição terá mais uma fatia para os pernambucanos. Além Anderson Ferreira (PL), Danilo Cabral (PSB), Jadilson Bombeiro (PMB), João Arnaldo (PSOL), Jones Manoel (PCB), Marília Arraes (SD), Miguel Coelho (UB), Raquel Lyra (PSDB), o pastor Wellington chega como a nona opção de votos, levantando a bandeira de fé e coragem para mudar Pernambuco. Segundo ele, os eleitores estão insatisfeitos com as alternativas anteriores. "Os eleitores pernambucanos não estão satisfeitos com os atuais pré-candidatos. Não se veem representados na defesa de seus valores conservadores no estado. Temos uma vasta história que comprova nosso discurso e, por isso, recebemos essa honrosa tarefa da diretoria nacional do partido", completa. 

Em abril deste ano, Carneiro esteve em Brasília durante reunião com a comitiva nacional do partido para desenhar como seria a entrada da sigla na disputa com candidatura própria ao governo. À época, o partido alegou que no estado não existia um palanque conservador, e que por isso, uma chapa pernambucana, defensora dos valores cristãos, se faria necessária. Sobre o apoio de Bolsonaro, o pré-candidato disse que seu palanque será o segundo apoiado pelo presidente no estado. "O único candidato do presidente [Anderson Ferreira], até então, está como pré-candidato desde abril e ainda não decolou nas pesquisas, uma demonstração de que a sociedade quer algo novo e nós surgimos como uma alternativa", disse. 

A entrada do PTB/PE na disputa já causa um impacto importante que deve mexer nas estratégias dos demais candidatos e candidatas. O tempo de televisão no guia eleitoral na televisão e rádio, segundo Wellington será o segundo maior da oposição, beirando os quatro minutos e meio. A base do partido é composta por 6 prefeitos e 74 vereadores em todo o estado.

Perfil
Advogado e teólogo, o pastor Wellington Carneiro é natural do município de Garanhuns, no Agreste do estado. Foi candidato a deputado federal nos anos de 2006 e 2018 e disputou uma cadeira na Assembleia Legislativa em 2014. Em 2018, o pré-candidato protagonizou o mandado de segurança que proibiu a peça ‘Jesus Rainha do Céu’ no Festival de Inverno de Garanhuns. Radicado no Recife, Wellington Carneiro disputou as eleições municipais de 2020 como vice candidato à Prefeitura do Recife na chapa do Coronel Alberto Feitosa.
Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.
WIDGET PACK - Sistema de comentários
Nova presidente da Caixa toma posse e anuncia primeiras medidas
Manhã na Clube: entrevista com o ex-ministro e pré-candidato ao senado, Gilson Machado
Suspeito de ataque a tiros com seis mortos é detido nos EUA
Manhã na Clube: entrevistas com o pastor Wellington Carneiro e Alexandre Castelano
Grupo Diario de Pernambuco