Diario de Pernambuco
Diario de Pernambuco
Digital Digital Digital Digital
Digital Digital Digital Digital
Notícia de Política

DESOBEDIÊNCIA

Silveira se recusa a cumprir intimação do Supremo sobre uso da tornozeleira

Publicado em: 04/05/2022 16:48

 (crédito: Reprodução/Twitter)
crédito: Reprodução/Twitter
O deputado federal condenado pelo Supremo Tribunal Federal (STF), Daniel Silveira (PTB-RJ) — que recebeu a graça constitucional do presidente Jair Bolsonaro (PL) — se recusou a receber o mandado de intimação de um oficial de Justiça um dia após o ministro Alexandre de Moraes determinar o pagamento de multa de R$ 405 mil por descumprimento do uso da tornozeleira eletrônica. Com a aplicação da multa, o ministro determinou o bloqueio de bens nesse valor nas contas de Silveira.

A tentativa de cumprimento do mandado de intimação foi feita nesta manhã em seu gabinete na Câmara dos Deputados. De acordo com o jornal O Globo, a oficial de Justiça relatou que, "ao encontrá-lo e me identificar como oficial de Justiça do Supremo, ele se recusou a receber o mandado e afirmou que ‘não vai mais usar tornozeleira, pois está cumprindo o Decreto do Presidente da República’", contou.

Na decisão de Moraes, ele afirmou que, diante da recusa de Silveira em colocar a tornozeleira, decidiu abrir um inquérito por desobediência e aplicar uma multa diária de R$ 15 mil. Moraes escreveu que o desrespeito de Silveira às cautelares impostas pelo plenário do Supremo Tribunal Federal revelam “seu completo desprezo pelo Poder Judiciário”.
Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.
WIDGET PACK - Sistema de comentários
Manhã na Clube: entrevista com Raquel Lyra (PSDB)
Casamento de Lula e Janja: celulares barrados na entrada
Soldado russo se declara culpado por crime de guerra na Ucrânia
Manhã na Clube: entrevista com Maria Zilá Passo, advogada especialista em direito da saúde
Grupo Diario de Pernambuco