Diario de Pernambuco
Diario de Pernambuco
Digital Digital Digital Digital
Digital Digital Digital Digital
Notícia de Política

Governo

PT assume as pastas de Cultura e Desenvolvimento Social no governo Paulo Câmara

Publicado em: 02/05/2022 21:26

 (Foto: Divulgação)
Foto: Divulgação
Em meio à indefinição de quem será o pré-candidato à vaga ao Senado pela Frente Popular, o Partido dos Trabalhadores ganhou mais espaço na sigla ocupando duas importantes secretarias no governo Paulo Câmara. Nesta terça-feira (03) o governador anunciará Oscar Barreto e Edilázio Wanderley como novos secretários estaduais ocupando, respectivamente, as pastas da Cultura e do Desenvolvimento Social, Criança e Juventude. As nomeações aconteceram nesta segunda e a posse está prevista para amanhã no Palácio do Campo das Princesas. 

Oscar Barreto, que em 2018 foi vice-presidente do diretório estadual do PT e atualmente integrava a diretoria da sigla, irá substituir Gilberto Freyre Neto, que assume a secretaria-executiva de Relações Internacionais da Assessoria Especial. Na Secretaria de Desenvolvimento Social, Criança e Juventude, Edilázio Wanderley, que desde 2019 vinha exercendo a chefia de gabinete do deputado estadual Doriel Barros, entra no lugar de Joelson Rodrigues, que volta a responder pela secretaria executiva de Assistência Social.

A assessoria de Paulo Câmara informou por meio de nota que "as mudanças nas duas pastas são estratégicas para manter o estado no caminho do desenvolvimento, agregando as experiências dos novos gestores aos projetos em andamento".

Para o dirigente estadual do PT, deputado Doriel Barros, o novo espaço conquistado pelo partido em nada tem a ver com a solicitação da sigla para a indicação da deputada Teresa Leitão para a vaga ao Senado, ainda indefinida pela Frente Popular. "Oferecemos dois grandes nomes ao governador para ocupar essas duas importantes secretarias, uma vez que Oscar Barreto e Edilázio Wanderley têm muita competência e experiência nas respectivas áreas. Como já foi definido lá atrás, compomos a Frente Popular para contribuir ainda mais com governo estadual dentro de um grande projeto que é eleger o nosso ex-presidente Lula. Esperamos fazer um bom trabalho durante esse final de gestão do governador e atender aos anseios da população à altura".

Sobre Teresa Leitão, Doriel afirma. "Assim como os novos secretários, apostamos na deputada Teresa Leitão para ocupar essa vaga ao Senado. Ela irá contribuir trazendo unidade, dando mais representatividade por ser uma mulher pernambucana na Casa Alta", disse.

O advogado Edilázio Wanderley é natural de Águas Belas, com histórico de militância junto aos movimentos sociais e sindicais. Ele também assumiu a superintendência do Incra. Wanderley também atuou como dirigente da Federação dos Trabalhadores na Agricultura de Pernambuco – Fetape.

O novo secretário de Cultura, Oscar Paes Barreto, é gestor em Administração e Recursos Humanos. Ao longo da carreira, foi secretário municipal de Saneamento do Recife; diretor adjunto da Companhia de Serviços Urbanos do Recife-CSURB, da Prefeitura da Cidade do Recife; coordenador de apoio da Unidade Gerencial do Projeto de Desenvolvimento Sustentável para os Assentamentos da Reforma Agrária no Semi-Árido do Nordeste; coordenador do Projeto Dom Hélder Câmara; secretário executivo de Gestão da Secretaria de Agricultura de Pernambuco.

Suplente de deputado estadual pelo PT, Barreto assumiu a vaga na Assembleia Legislativa em 2011. Ultimamente ocupava o cargo de coordenador de Gestão Fundiária no Porto de Suape.
Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.
WIDGET PACK - Sistema de comentários
Soldado russo se declara culpado por crime de guerra na Ucrânia
Manhã na Clube: entrevista com Maria Zilá Passo, advogada especialista em direito da saúde
Fechamento de escolas durante pandemia pode gerar prejuízos por décadas no Brasil
Cada vez mais brasileiros procuram a medicina tradicional chinesa
Grupo Diario de Pernambuco