Diario de Pernambuco
Diario de Pernambuco
Digital Digital Digital Digital
Digital Digital Digital Digital
Notícia de Política

Marília Arraes recebe apoio oficial do PROS e menciona 'ampla aliança' para disputar o governo

Publicado em: 10/05/2022 18:30 | Atualizado em: 10/05/2022 18:45

 (Foto: Luciana Ferry)
Foto: Luciana Ferry
A pré-candidata ao governo de Pernambuco e presidente estadual do Solidariedade, Marília Arraes (SD), recebeu, nesta terça-feira, o apoio do PROS, primeira sigla a fazer o gesto de maneira oficial e publicamente. A oficialização ocorreu em Brasília e contou com a participação dos presidentes nacional e estadual do partido, Marcus Holanda e Bruno Rodrigues, respectivamente; e do presidente nacional do Solidariedade, Paulinho da Força. A expectativa é que nos próximos dias a deputada também receba suporte do PSD e Avante.

"Com certeza essa é uma ampla aliança que vamos formar para ganhar as eleições e governar Pernambuco", disse Marília Arraes em vídeo publicado em suas redes sociais onde aparece ao lado de Marcus Holanda, Bruno Rodrigues e Paulinho da Força, na sede do PROS, em Brasília. 

"Pros entra 100% no apoio, é o primeiro, mas com certeza virão outros", comentou o presidente nacional do partido. "Estamos juntos até o fim, na verdade, até a posse", completou.  Posicionamento também partilhado pelo conterrâneo da deputada federal, o gestor estadual do PROS. "Marília representa um sentimento de mudança em Pernambuco", destacou Bruno Rodrigues. "O Pros é o primeiro partido a apoiar a candidatura de nossa futura governadora e vamos em frente, estamos confiante na vitória". 

Paulinho da Força, presidente nacional do Solidariedade, partido que abrigou Marília após sua saída do PT, reforçou o sentimento de confiança. "Quero agradecer a Marcos e Bruno por essa confiança na Marília, governadora, com certeza, daqui a uns dias em Pernambuco", concluiu.  

Vem aí

Afirmando ser o gesto do PROS uma iniciativa que fará parte de uma ampla aliança formada mais à frente, a deputada federal Marília Arraes dá sinais de que brevemente receberá apoio de outras legendas. A expectativa é que o PSD, de André de Paula, o Avante, de Sebastião Oliveira, com quem a parlamentar vem nutrindo diálogos, também integrem o time. Somando-se ao grupo, o PP, de Eduardo da Fonte, - que já oficializou apoio ao PSD em Pernambuco - também poderá migrar para a base aliada de Marília.  
Com isso, é esperado que o deputado federal André de Paula assuma a vaga ao Senado na chapa majoritária da deputada. Com o nome rifado da vaga ao Senado na chapa da Frente Popular, André já confirmou que manterá sua pré-candidatura à Casa Alta.

Apesar de ainda não ter confirmado apoio a ninguém e que estaria em fase de conversa com todos os pré-candidatos ao governo, uma fonte próxima ao pessedista acredita que as apostas estejam entre Miguel Coelho (UB) e Marília Arraes. "Acredito que com Miguel e Marília ele tem um diálogo melhor, Raquel (Lyra - PSDB) não é muito de conversar. Se houver possibilidade de composição, seria entre os dois primeiros", contou a fonte em reserva. 

Contudo, quando questionado pela reportagem do Diario, durante coletiva realizada na última semana, se estaria na hora de Pernambuco ter sua primeira governadora, André de Paula respondeu: "Eu acho que está na hora de ter governadora, senadora (...) Eu sou muito suspeito porque eu acho que de fato temos que avançar na ocupação dos espaços de poder pelas mulheres em todas as áreas". O que fortalece a tese de uma provável aliança entre André e Marília.







Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.
WIDGET PACK - Sistema de comentários
Casamento de Lula e Janja: celulares barrados na entrada
Soldado russo se declara culpado por crime de guerra na Ucrânia
Manhã na Clube: entrevista com Maria Zilá Passo, advogada especialista em direito da saúde
Fechamento de escolas durante pandemia pode gerar prejuízos por décadas no Brasil
Grupo Diario de Pernambuco