Diario de Pernambuco
Diario de Pernambuco
Digital Digital Digital Digital
Digital Digital Digital Digital
Notícia de Política

LIVE

Bolsonaro diz que PL contratará empresa para auditar eleições

Publicado em: 05/05/2022 21:02

 (Foto: Reprodução/Youtube)
Foto: Reprodução/Youtube
O presidente Jair Bolsonaro (PL) anunciou, durante live nesta quinta-feira (5), que o partido dele, o PL, presidido por Valdemar Costa Neto, contratará uma empresa para realizar auditoria independente nas eleições de 2022. O chefe do Executivo disse que o trabalho da empresa começará assim que o contrato for assinado e que a mesma acompanhará também a pré-eleição. 

"Tive com o presidente do PL há poucos dias e, como está na legislação, nós contrataremos uma empresa para fazer auditoria nas eleições. Deixo claro, até já adianto ao TSE: essa auditoria não vai ser feita após eleições, uma vez ela contratada, a empresa já começa a trabalhar. A empresa vai pedir ao TSE uma quantidade grande de informações, ela vai pedir às FA (Forças Armadas) o trabalho que as FA fez até agora", disse. 

"Pode, em poucas semanas de trabalho, essa empresa que faz auditoria no mundo todo, empresa de ponta, ela pode chegar a conclusão, que, antes das eleições, ela pode daqui a 30, 40 dias, chegar a conclusão de que dada a documentação que tem na mão, dado o que já foi feito até o momento para melhor termos umas eleições livre de qualquer suspeita, ingerência externa. Ela pode falar que é impossível auditar. E não aceita fazer o trabalho. Olha a que ponto vamos chegar", alegou.

"Agora estamos vendo o TSE, os seus ministros, o seu Barroso, basicamente, o senhor Fachin, o senhor Alexandre de Moraes, entrou Lewandowski agora no lugar do Barroso, ficar numa situação complicada porque nós devemos dar satisfação. Está garantido por lei o partido contratar empresa para fazer auditoria", completou.

Bolsonaro disse ainda que caso o custo do contrato fique alto, pedirá auxílio a outras siglas aliadas.

"Se o custo ficar muito caro, a gente vai pedir socorro a outro partido que deve estar conosco nessa empreitada. As eleições tem que ser realizadas sem qualquer sombra de dúvidas, afinal de contas, é o momento do TSE mostrar para o mundo que temos um sistema mais confiável do mundo no tocante às eleições. Inclusive, vamos dar parabéns para Bangladesh e Butão. São os dois únicos países que fazem eleições com esse sistema eleitoral", ironizou. 
Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.
WIDGET PACK - Sistema de comentários
Manhã na Clube: entrevista com a dra. Tamara Cristina, endocrinologista
Refugiados ucranianos no Brasil: mais de 10 mil quilômetros longe de casa
Manhã na Clube: entrevista com Miguel Coelho
Manhã na Clube: entrevista com dr. Antônio Manuel de Almeida Dias, presidente da CESPU Europa
Grupo Diario de Pernambuco