Diario de Pernambuco
Diario de Pernambuco
Digital Digital Digital Digital
Digital Digital Digital Digital
Notícia de Política

REDES SOCIAIS

Barroso ironiza noticia falsa: 'Nunca fui a Cuba e não sou dado a orgias'

Publicado em: 02/05/2022 18:50

 (Foto: Nelson Jr/STF)
Foto: Nelson Jr/STF
O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Luís Roberto Barroso ironizou, nesta segunda-feira (2), as fake news que circulam nas redes sociais sobre ele. 

Durante palestra em evento da Fundação Getulio Vargas em São Paulo, Barroso disse que a notícia de que ele seria chantageado pelo ex-ministro José Dirceu (PT) porque os dois teriam participado de uma orgia em Cuba é completamente “folclórica” e “beira ao ridiculo”.

"Vocês não vão acreditar, isso tem milhões de acessos. Eu gostaria de dizer para quem se interessa pela verdade que nunca fui a Cuba, eu não sou dado a orgias. E não tenho nenhum tipo contato com o ex-ministro José Dirceu, mas isso circula como se fosse uma verdade. Mas isso está mais para o bizarro, para o ridículo, do que para o perigoso", disse o ministro rindo.

"Tem uma outra que diz que eu, o ministro Alexandre de Moraes e um advogado de Brasília conspiramos com a embaixada da China e da Coreia do Norte para derrubar o presidente. Milhões de acessos. E olha que meu coreano está bem enferrujado", ironizou Barroso. 

O ministro arrancou risadas dos estudantes presentes.

Apesar de ter brincado com o tema, o ministro disse que o ato de compartilhar fake news é de extremo perigo.

Ele chegou a citar o ato de conclamar a população para invadir o STF e tirar os ministros à força, sem, pórem, citar nomes. "Isso não é ridículo, isso é perigoso para as instituições e para a democracia."
Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.
WIDGET PACK - Sistema de comentários
Casamento de Lula e Janja: celulares barrados na entrada
Soldado russo se declara culpado por crime de guerra na Ucrânia
Manhã na Clube: entrevista com Maria Zilá Passo, advogada especialista em direito da saúde
Fechamento de escolas durante pandemia pode gerar prejuízos por décadas no Brasil
Grupo Diario de Pernambuco