Diario de Pernambuco
Diario de Pernambuco
Digital Digital Digital Digital
Digital Digital Digital Digital
Notícia de Política

CRISE ENTRE PODERES

Após encontro com Fux, Pacheco diz que ataques à democracia são 'anomalias'

Publicado em: 03/05/2022 17:25

 (crédito: Minervino Júnior/CB/DA.PRESS)
crédito: Minervino Júnior/CB/DA.PRESS
Em entrevista coletiva no Supremo Tribunal Federal (STF), nesta terça-feira (3), após reunião com o presidente da Corte, ministro Luiz Fux, o presidente do Senado Federal, Rodrigo Pacheco (PSD-MG), defendeu a democracia e o distensionamento das relações entre os Poderes.

Segundo Pacheco, o acirramento eleitoral é algo considerado natural, mas a disputa pelos cargos políticos não pode descambar em ataques à democracia.

“As Forças Armadas são importantes, ministérios de Estado são importantes, o Supremo também o é, e o Congresso Nacional tem sua participação. O que não podemos permitir é que o acirramento eleitoral, que é natural do processo eleitoral, possa descambar para aquilo que eu reportei: anomalias graves de se permitir falar sobre intervenção militar, atos institucionais, sobre frustração de eleições, sobre fechamento do STF”, disse.

Diálogo
 
Segundo Pacheco, “essas são anomalias graves que precisam ser contidas, rebatidas na mesma proporção a cada instante, porque todos nós temos obrigações com a democracia, com o Estado de Direito e com a Constituição. Esse alinhamento é feito através do diálogo”.

Antes de se reunir com Fux, Pacheco se encontrou com lideranças do Senado Federal. Segundo ele, os senadores presentes na reunião ficaram satisfeitos com o encontro entre os presidentes do Legislativo e do Judiciário e afirmaram que a permanência do diálogo é “fundamental”.

Pacheco disse ainda que a manutenção do diálogo com integrantes do poder Executivo “é o melhor possível” e que o Congresso está “sempre aberto”.

“Sempre aberto, inclusive minha relação com ministros de estado que compõem o governo e que tratam de temas específicos é a melhor possível. Portanto, esse diálogo do Congresso com o poder Executivo e com o próprio presidente da República sempre esteve muito ativo. Tenho muito respeito aos Poderes e a quem chefia os Poderes.”

Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.
WIDGET PACK - Sistema de comentários
Manhã na Clube: entrevista com Raquel Lyra (PSDB)
Casamento de Lula e Janja: celulares barrados na entrada
Soldado russo se declara culpado por crime de guerra na Ucrânia
Manhã na Clube: entrevista com Maria Zilá Passo, advogada especialista em direito da saúde
Grupo Diario de Pernambuco