Diario de Pernambuco
Diario de Pernambuco
Digital Digital Digital Digital
Digital Digital Digital Digital
Notícia de Política

ATOS

Recife terá a volta dos grandes atos políticos neste domingo

Publicado em: 30/04/2022 08:00

 (Foto: Tarciso Augusto/ Esp. DP FOTO)
Foto: Tarciso Augusto/ Esp. DP FOTO

Recife será palco de dois grandes eventos políticos neste domingo, Dia Internacional do Trabalhador. De um lado, a esquerda está organizando o ato “Emprego, Direitos, Democracia e Vida”. Do outro, a Direita que pretende reunir apoiadores do presidente Jair Bolsonaro em uma manifestação na Zona Sul do Recife. Em tempos de polarização, estes serão os primeiros grandes atos desde o início da pandemia.

A Central Única dos Trabalhadores em Pernambuco (CUT-PE), centrais sindicais, movimentos populares, organizações estudantis e partidos políticos se concentrarão no Parque 13 de Maio a partir das 15h. “Neste domingo, vamos reunir trabalhadores e trabalhadoras para mostrar ao País que a classe trabalhadora quer o Brasil com outro rumo, um Brasil com emprego, com desenvolvimento, com salário, direitos, respeito à democracia e à soberania”, ressaltou o presidente da CUT, Paulo Rocha.

Já na Zona Sul do Recife, uma manifestação a favor do presidente Jair Bolsonaro foi marcada para acontecer na praia de Boa Viagem - em frente à padaria Boa Viagem -, a partir das 14h. O ato segue o movimento nacional “Pela Liberdade, Pelo Brasil”, que marcará a data em todo o país. O evento não contará com a presença do presidente, uma vez que ele deverá participar do ato na capital paulista anunciado pela deputada federal Carla Zambele (PL-SP) nas redes sociais. 

 (Foto: Arquivo/DP Foto)
Foto: Arquivo/DP Foto


Atos isolados
Desde o início da pandemia, algumas manifestações aconteceram no Recife, mas sem a envergadura que os atos deste domingo prometem dar. Em maio de 2021, movimentos sociais, centrais sindicais e partidos de oposição ao atual governo foram às ruas criticar a condução federal na pandemia, pedindo a retomada do auxílio emergencial e a vacinação em massa da população, além da defesa do impeachment do presidente. Os manifestantes sofreram repressões da Polícia Militar, que utilizou balas de borracha, sprays de pimentas e bombas de efeito moral. A represália ocorreu em um dos principais corredores da cidade, a Avenida Conde da Boa Vista. Dois homens foram atingidos pelos disparos realizados pelos PMs e um deles perdeu a visão de um dos olhos. 

Na ocasião, uma vereadora também foi atingida por spray de pimenta no rosto. No mês de setembro, no feriado da Independência, um grupo de pessoas realizou a 27ª edição do Grito dos Excluídos pelas ruas do centro do Recife pedindo a saída de Jair Bolsonaro do poder e a valorização da vida.

Nessa mesma data, os apoiadores do presidente também foram às ruas manifestar apoio ao governo. Uma carreata saiu do bairro da Imbiribeira em direção à praia de Boa Viagem onde centenas de pessoas já se encontravam no Segundo Jardim, acompanhadas por trios elétricos e carros de som emitindo palavras de ordem em apoio a Jair Bolsonaro. A manifestação foi organizada pelos movimentos Direita Pernambuco e Aliança Por Pernambuco.
Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.
WIDGET PACK - Sistema de comentários
Ataque a tiros em escola nos EUA deixa 21 mortos
Para OMS, varíola do macaco ainda pode ser contida
Manhã na Clube: Henrique Queiroz Filho (PP), Edno Melo (Republicanos) e André Morais (CORECON-PE)
Soldado russo condenado à prisão perpétua por matar civil na Ucrânia
Grupo Diario de Pernambuco