Diario de Pernambuco
Diario de Pernambuco
Digital Digital Digital Digital
Digital Digital Digital Digital
Notícia de Política

ELEIÇÕES

Lula lidera com 41%, mas Bolsonaro se aproxima com 32%, mostra BTG/FSB

Publicado em: 25/04/2022 15:35

 (crédito: JULIEN DE ROSA / AFP e EVARISTO SA / AFP)
crédito: JULIEN DE ROSA / AFP e EVARISTO SA / AFP
Pesquisa BTG/FSB divulgada nesta segunda-feira (25) aponta que o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) ainda lidera as intenções de voto, mas mostra que o presidente Jair Bolsonaro (PL) reduziu a diferença ao longo do último mês. 

Segundo o levantamento, a diferença entre os dois pré-candidatos que lideram a pesquisa diminuiu de 14 para 9 pontos percentuais no primeiro turno, e de 19 para 15 pontos na simulação do segundo turno. Além disso, os dados apontam que houve um esvaziamento dos votos da terceira via: de 24% em março para 17% em abril.

Lula lidera com 41% das intenções, seguido de Bolsonaro, com 32% — no cenário principal, com 12 pré-candidatos no total. Ciro Gomes (PDT) aparece em terceiro lugar, com 9%, seguidos de João Doria (PSDB) e André Janones (Avante), com 3%; Simone Tebet (MDB) e Vera Lúcia (PSTU), com 1%. José Maria Eymael (Democracia Cristã), Felipe D'Ávila (Novo), Sofia Manzano (PCB), Luciano Bivar (União Brasil) e Leonardo Péricles (UP) não pontuaram.

"O cenário é de total polarização entre o ex e o atual presidente", afirma o relatório. O documento revela ainda que "os brasileiros seguem preocupados com a economia, principalmente em relação ao cenário inflacionário e ao endividamento".
A pesquisa aponta também o papel do WhatsApp nas eleições: 53% dos entrevistados disseram receber notícias e conteúdos dos presidenciáveis no aplicativo. Além disso, 40% disseram ter recebido fake news nos últimos três meses.

Bolsonaro é, por pouco, o mais abordado nas mensagens de WhatsApp. Entre os participantes, 76% disseram ter recebido notícias sobre o presidente, seguido de perto por Lula, com 75%. Ciro Gomes, na sequência, foi mencionado por 43% dos participantes.

"A polarização Lula x Bolsonaro também está presente nas redes sociais. Os dois candidatos que lideram as intenções de voto também são mais abordados em conteúdos que circulam pelo WhatsApp", disse o sócio-diretor do Instituto FSB Pesquisa, Marcelo Tokarski.

Foram ouvidas 2 mil pessoas, por telefone, entre os dias 22 e 24 de abril, pelo instituto FSB. A margem de confiança da pesquisa é de 35%.
Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.
WIDGET PACK - Sistema de comentários
Soldado russo se declara culpado por crime de guerra na Ucrânia
Manhã na Clube: entrevista com Maria Zilá Passo, advogada especialista em direito da saúde
Fechamento de escolas durante pandemia pode gerar prejuízos por décadas no Brasil
Cada vez mais brasileiros procuram a medicina tradicional chinesa
Grupo Diario de Pernambuco