Diario de Pernambuco
Diario de Pernambuco
Digital Digital Digital Digital
Digital Digital Digital Digital
Notícia de Política

ELEIÇÕES

Arthur Lira rebate Bolsonaro: 'Processo eleitoral brasileiro é referência'

Publicado em: 28/04/2022 18:23

 (Foto: Paulo Sergio/Câmara dos Deputados)
Foto: Paulo Sergio/Câmara dos Deputados
O presidente da Câmara dos Deputados, Arthur Lira (PP-AL), reagiu aos comentários do presidente Jair Bolsonaro (PL) sobre as eleições. O chefe do Executivo voltou a insinuar uma suposta falta de segurança do pleito.

“O processo eleitoral brasileiro é uma referência. Pensar diferente é colocar em dúvida a legitimidade de todos nós, eleitos, em todas as esferas. Vamos seguir — sem tensionamentos — para as eleições livres e transparentes”, escreveu o deputado no Twitter nesta quinta-feira (28).



O processo eleitoral brasileiro é uma referência. Pensar diferente é colocar em dúvida a legitimidade de todos nós, eleitos, em todas as esferas. Vamos seguir - sem tensionamentos - para as eleições livres e transparentes.

No evento "Liberdade de Expressão", ocorrido na quarta-feira (27), no Palácio do Planalto, Bolsonaro afirmou que qualquer suspeição colocaria todo o pleito em risco, incluindo governos estaduais e legislativos. “Não pensam que uma possível suspeição de uma eleição seria só para presidente. Isso seria para o Senado, para a Câmara, se tiver algo de anormal”, disse.


O presidente ainda falou sobre uma “sala secreta” do TSE. Sem provas, insinuou que supostamente fabricam o resultado das eleições, de forma não transparente. “Dá pra acreditar nisso? Uma sala secreta, onde meia dúzia de técnicos dizem no final ‘quem ganhou foi esse'”, disse.
Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.
WIDGET PACK - Sistema de comentários
Manhã na Clube: entrevista com Raquel Lyra (PSDB)
Casamento de Lula e Janja: celulares barrados na entrada
Soldado russo se declara culpado por crime de guerra na Ucrânia
Manhã na Clube: entrevista com Maria Zilá Passo, advogada especialista em direito da saúde
Grupo Diario de Pernambuco