Diario de Pernambuco
Diario de Pernambuco
Digital Digital Digital Digital
Digital Digital Digital Digital
Notícia de Política

ELEIÇÕES

'Desenrolar de nova crise', diz Ciro sobre ausência de Bolsonaro na PF

Publicado em: 28/01/2022 18:08

 (Foto: AFP / Mauro Pimentel)
Foto: AFP / Mauro Pimentel
O pré-candidato à Presidência Ciro Gomes (PDT) criticou Jair Bolsonaro (PL), após o presidente faltar ao depoimento marcado para esta sexta-feira (28) na Polícia Federal (PF), determinado pelo Supremo Tribunal Federal (STF). Segundo Ciro Gomes, a postura do chefe do Executivo é indício de uma nova crise entre os Poderes.

"A nação deve acompanhar com o máximo de atenção o desenrolar da nova crise institucional criada por Bolsonaro que decidiu confrontar, de forma irresponsável e autoritária, uma decisão do STF", escreveu o pedetista após a rejeição do recurso aplicado pelo presidente.

O presidenciável afirmou que Bolsonaro tenta tumultuar eleição ao não ir depor à PF nesta sexta-feira. Segundo ele, o chefe do Executivo deseja inviabilizar o "curso normal das eleições, já que ele se sente antecipadamente derrotado".

Uma pesquisa da Ipespe, sob encomenda da XP, divulgada ontem mostrou que o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) continua a liderar as intenções de votos de primeiro turno com ampla vantagem. O levantamento mostra o petista com 44% das intenções de voto, seguido por Bolsonaro, com 24%. Ciro Gomes e o ex-juiz Sergio Moro (Podemos) aparecem empatados na terceira posição, pontuando 8%.

Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.
Manhã na Clube: entrevista com Raquel Lyra (PSDB)
Casamento de Lula e Janja: celulares barrados na entrada
Soldado russo se declara culpado por crime de guerra na Ucrânia
Manhã na Clube: entrevista com Maria Zilá Passo, advogada especialista em direito da saúde
Grupo Diario de Pernambuco