Diario de Pernambuco
Busca

COINCIDÊNCIA?

Ciro brinca com 'profecia' da Mega da Virada para projetar vitória

Publicado em: 01/01/2022 18:05

Presidenciável do PDT 'comemorou' a relação entre dezenas sorteadas e números ligados a sua trajetória na política (Foto: MAURO PIMENTEL/AFP)
Presidenciável do PDT 'comemorou' a relação entre dezenas sorteadas e números ligados a sua trajetória na política (Foto: MAURO PIMENTEL/AFP)
Pré-candidato à presidência da República, Ciro Gomes (PDT) brincou com os seis números sorteados na Mega da Virada para "profetizar" boas vibrações eleitorais em 2022. Nesta sexta-feira (1°/1), o pedetista comemorou as conexões entre as "bolinhas" do prêmio milionário e fatos de sua carreira política.

Ontem, poucas horas antes do fim de 2021, foram revelados os números que renderam o prêmio de R$ 378 milhões, divididos por apostas feitas em Cabo Frio (RJ) e Campinas (SP): 12, 15, 23, 32, 33 e 46. Um apoiador, então, passou a relacionar as dezenas a Ciro.

O 12, por exemplo, é o número digitado nas urnas pelos eleitores que escolhem o PDT. O 23 é a identificação do Cidadania - outrora chamado de PPS -, partido que abrigou Ciro nas eleições presidenciais de 1998 e 2002, quando ele terminou em terceiro e quarto lugar, respectivamente.

"Vamos lá, turma boa, tornar realidade a profecia simbólica destes números! 'Vamo que vamo'!", escreveu o ex-ministro, no Twitter.

O 15 é o número do MDB, legenda de Ciro quando ele foi eleito prefeito de Fortaleza (CE), em 1988. Quando exerceu o cargo, ele tinha 32 anos, outra das dezenas sorteadas.

Em 1990, com 33, Ciro foi eleito governador cearense. Com 46 anos, tomou posse no Ministério da Integração do governo de Luiz Inácio Lula da Silva (PT).

 
O cenário para 2022
 

As pesquisas mais recentes sobre o pleito presidencial dão vantagem a Lula sobre Jair Bolsonaro (PL). Ciro aparece no segundo pelotão, com nomes como o ex-juiz Sergio Moro (Podemos). Outros políticos, como João Doria (PSDB), governador de São Paulo, e o deputado federal André Janones (Avante), também são pré-candidatos.

No MDB, há a senadora Simone Tebet (MS). No PSD, o presidente do Congresso, Rodrigo Pacheco (MG) é desejo da direção nacional para representar o partido na disputa.

Em 2018, Ciro representou chapa formada por PDT e Avante. Ele terminou em terceiro, com 12,47% dos votos válidos. Sua vice foi Kátia Abreu, agora no PP.
TAGS: virada | mega | 2022 | eleições | gomes | ciro |
Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.
MAIS NOTÍCIAS DO CANAL

Janones para 'Véio da Havan': 'Vergonha é ajudar a matar a própria mãe'

19/08/2022 às 14h00

Gabriel Monteiro sobre cassação: 'Deus me deu o mandato, Deus tomou'

19/08/2022 às 13h55

Eduardo Bolsonaro sobre o pai: 'Mais democrata nunca vi'

19/08/2022 às 12h33

Sergio Moro sobre disputa presidencial: 'Jamais estarei ao lado de Lula'

19/08/2022 às 12h22

Felipe Carreras é o deputado federal de Pernambuco que menos gasta verba pública

19/08/2022 às 12h03

Miguel Coelho recebe apoio de mais duas lideranças religiosas de Pernambuco

19/08/2022 às 11h52

Ministro do STF suspende decisão que tornava Eduardo Cunha elegível

19/08/2022 às 11h16

Confira a agenda dos candidatos à Presidência para esta sexta (19)

19/08/2022 às 08h09

Ciro Gomes se compromete a propor um código de leis trabalhistas

19/08/2022 às 07h32

Lula: pobres precisam voltar 'a comer, trabalhar e andar de avião'

19/08/2022 às 07h30

Lula promete criação de ministérios para indígenas e pequenas empresas

18/08/2022 às 22h16

Frente inter-religiosa publica nota de repúdio a Michelle Bolsonaro

18/08/2022 às 21h59

Ciro Gomes fala em reforma da CLT, caso seja eleito

18/08/2022 às 21h57

Sem comentar sobre agressão, Bolsonaro usa live para criticar esquerda

18/08/2022 às 21h55

Soraya Thronicke assina compromisso com Presidente Amigo da Criança

18/08/2022 às 21h39

Bolsonaro defende escolha de ministros por critérios técnicos

18/08/2022 às 21h36

Vera Lúcia diz que prioridade do seu governo será combate à fome

18/08/2022 às 21h34

Sofia Manzano vê reforma agrária como solução para desigualdade social

18/08/2022 às 21h32