Diario de Pernambuco
Busca

PRECATÓRIOS

Presidente Jair Bolsonaro diz que PEC dos Precatórios não é calote

Publicado em: 07/12/2021 20:05

 (Foto: Valter Campenato/Agência Brasil)
Foto: Valter Campenato/Agência Brasil
O presidente Jair Bolsonaro falou hoje (7), durante a cerimônia de assinatura da concessão de frequências do 5G, sobre a importância do programa que substitui o Bolsa Família, o Auxílio Brasil.

“[A PEC dos Precatórios] não é um calote, muito pelo contrário. É uma renegociação, um alongamento de dívida para quem tinha mais de R$ 600 mil para receber do governo. É isso que nos permite um saldo, um espaço, para potencializar com justiça o programa”, disse o presidente ao se referir à Proposta de Emenda à Constituição (PEC) dos Precatórios, que abre espaço no Orçamento de 2022 para bancar R$ 400 mensais aos beneficiários do Auxílio Brasil.

No início do mês o Senado aprovou, em dois turnos, a PEC. Como sofreu alterações, a proposta terá que voltar à Câmara.

Vacinação
Durante discurso, Jair Bolsonaro disse que a exigência do passaporte de vacinação contra a Covid-19 fere liberdades individuais. “A gente pergunta: quem é vacinado pode contrair o vírus? Pode e contrai. Pode transmitir? Sim, transmite. Pode morrer? Sim, pode. Então por que essa coleira que querem colocar no povo brasileiro? Eu prefiro morrer do que perder a liberdade”, comentou.

O presidente também declarou que é contrário à aplicação de vacinas contra Covid-19 em crianças. “Vamos todos respeitar a liberdade individual”, disse Bolsonaro. “Liberdade acima de tudo”, completou.

O presidente voltou a dizer que sempre se posicionou contra medidas de restrição de circulação de pessoas e suspensão do comércio e serviços, e atribuiu a alta da inflação a essas medidas.

Mais cedo, Bolsonaro afirmou que o governo trabalha com a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) para que o espaço aéreo brasileiro siga sem restrições e exigências de passaportes vacinais. “O Brasil não aguenta mais lockdown. Temos que tocar o barco.” 

Eleições 2022
O presidente falou sobre as duas indicações ao Supremo Tribunal Federal (STF) que serão feitas no primeiro trimestre de 2023. “Como é de praxe, o Congresso renova metade de seus quadros, o Executivo estadual também, e também a presidência. Quem, por ventura, ganhar as eleições ano que vem terá a oportunidade de indicar dois nomes para o Supremo Tribunal Federal. A renovação é essencial”, afirmou.
Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.
MAIS NOTÍCIAS DO CANAL

Alexandre de Moraes assume o TSE nesta terça; confira o perfil do ministro

15/08/2022 às 07h42

Bolsonaro e Lula podem se encontrar em posse de Moraes no TSE

14/08/2022 às 15h51

'Em 100 anos saberá': os sigilos decretados na era Jair Bolsonaro

14/08/2022 às 15h50

Eleições 2022: veja o que pode ou não no dia da votação

14/08/2022 às 15h41

Eduardo Bolsonaro ironiza live de Lula: 'Alguém do marketing vai rodar'

14/08/2022 às 14h09

Waldemar Oliveira parabeniza participantes de Congresso da UVP

14/08/2022 às 13h53

Campanha eleitoral começa na terça; conheça os candidatos ao Planalto

14/08/2022 às 10h47

Consulados reforçam segurança para evitar violência nas eleições

14/08/2022 às 10h45

Paulo Roberto Costa, ex-diretor da Petrobras, morre aos 68 anos

14/08/2022 às 08h30

STF: maioria é contra ação para anular pagamento a profissionais de saúde

13/08/2022 às 18h42

Lula promete continuidade de auxílio de R$ 600 caso seja reeleito

13/08/2022 às 14h41

Prazo para pedir voto em trânsito termina na próxima quinta-feira

13/08/2022 às 12h58

Líderes neopentecostais pregam para reeleger Bolsonaro

13/08/2022 às 08h35

Deputado Joel da Harpa elabora PL contra a publicidade de alimentos ricos em açúcar nas escolas

12/08/2022 às 22h44

Novo diretor da Anvisa toma posse nesta sexta-feira

12/08/2022 às 22h42

Encontro de candidatas negras do Nordeste debate projeto político contra o racismo

12/08/2022 às 22h10

Silvio Costa critica Marília Arraes por escolha de candidato ao Senado

12/08/2022 às 21h50

TSE divulga cálculo para distribuição de tempo no horário eleitoral

12/08/2022 às 21h41