Diario de Pernambuco
Diario de Pernambuco
Digital Digital Digital Digital
Digital Digital Digital Digital
Notícia de Política

PEC DA BENGALA

Entidade de magistrados defende revogação da PEC da Bengala

Publicado em: 02/12/2021 22:52

 (Foto: Divulgação)
Foto: Divulgação
A Associação Nacional para Defesa da Magistratura (ADM) manifestou-se, através de nota pública, em defesa da proposta de Emenda à Constituição nº 159. A PEC, de autoria da deputada federal Bia Kicis (PSL-DF), revoga uma Emenda à Constituição (EC) nº 88, de 2015, que sobe para 75 anos a idade de aposentadoria obrigatória de ministros de Tribunais Superiores.

Na nota, assinada pelo presidente da ADM, Luiz Gomes da Rocha Neto, a entidade de magistrados se coloca em apoio à justificativa apresentada pela deputada Bia Kicis. No documento apresentado à Câmara dos Deputados, a deputada do PSL justifica a proposta afirmando que a elevação de idade "revelou-se extremamente prejudicial para a carreira da magistratura".

A associação de magistrados reitera a justificativa da PEC alegando que a permanência de juízes acima de 70 anos de idade nas Cortes Superiores "atravanca a carreira e  impede o acesso de outros tantos de notável saber jurídico e reputação ilibada", embora reconheça a importância da experiência na magistratura. A ADM também considera que a permanência no cargo por tanto tempo pode levar a uma "confusão entre o poder da jurisdição e a personalidade que o exerce".
Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.
Zuri: 11 anos, multiinstrumentista, compositor e prodígio da música faz campanha para comprar violão
Bolsonaro cancela visita à Guiana devido à morte de sua mãe
Manhã na Clube: entrevista com Padre Arlindo
Ômicron começa a recuar nos Estados Unidos
Grupo Diario de Pernambuco