Diario de Pernambuco
Diario de Pernambuco
Digital Digital Digital Digital
Digital Digital Digital Digital
Notícia de Política

CRISE NO INEP

Senado aprova grupo de trabalho para monitorar crise no Inep

Publicado em: 18/11/2021 15:00

 (crédito: Edilson Rodrigues/Agência Senado)
crédito: Edilson Rodrigues/Agência Senado
O senador Izalci Lucas (PSDB-DF) será o coordenador do grupo de trabalhos que vai apurar fatos relacionados à crise no Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep). A Comissão de Educação do Senado aprovou a criação do grupo na manhã desta quinta-feira (18). Outros quatro senadores devem acompanhar os desdobramentos dos trabalhos no órgão ligado ao Ministério da Educação.

Pela proposta, de autoria do presidente da comissão, senador Marcelo Castro (MDB-PI), o colegiado também deve sugerir ações para o funcionamento condizente do instituto, em especial, no que diz respeito à realização de exames de avaliações e censos.

“Todos nós ligados à educação estamos muito preocupados com uma instituição tão séria, de tanta tradição no Brasil, tão respeitável quanto o Inep, que, infelizmente, neste momento, vive essa crise que está trazendo insegurança e intranquilidade a todos que fazem a educação no Brasil”, afirmou Marcelo Castro na reunião.

O senador ainda emendou que as exonerações de profissionais respeitados e creditados é inusitada. “Isto é quase uma bomba atômica, uma coisa realmente injustificável, surpreendente. Algo aparentemente muito grave deve estar acontecendo para uma atitude tão drástica como essa. Preocupa-nos a todos. Vamos, então, trabalhar nessas frentes aí”, completou. 
Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.
Erupção de vulcão na ilha de Java deixou 34 mortos
Manhã na Clube: entrevistas com Teresa Leitão (PT/PE), Almir Mattias e Renata Berenguer
Laboratório anuncia teste para diferenciar o coronavírus da gripe A e B
Manhã na Clube: entrevistas com Alberto Feitosa (PSC), Márcia Horowitz e Andreia Rodrigues
Grupo Diario de Pernambuco