Diario de Pernambuco
Diario de Pernambuco
Digital Digital Digital Digital
Digital Digital Digital Digital
Notícia de Política

ELEIÇÕES 2022

Lula amplia vantagem sobre Bolsonaro no 2º turno, aponta pesquisa

Publicado em: 12/11/2021 11:23

 (Foto: EVARISTO SA / AFP)
Foto: EVARISTO SA / AFP
Levantamento Exame/Ideia divulgado nesta sexta-feira (12/11) mostra o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva liderando todos os cenários eleitorais para a Presidência em 2022. Em um eventual cenário de segundo turno entre o petista e o presidente Jair Bolsonaro, a distância entre os dois candidatos se amplia de 12 pontos porcentuais, registrados na pesquisa de julho, para 17. De acordo com o levantamento, Lula seria vitorioso nas eleições por 48% dos votos, contra 31% de Bolsonaro.

O ex-presidente levaria a vitória em todos os cenários possíveis de segundo turno. Contra o governador de São Paulo, João Doria (PSDB), o petista ganharia com 50% contra 22%, enquanto que contra o governador do Rio Grande do Sul, Eduardo Leite, que disputa com Doria as prévias do PSDB, Lula venceria com 48% contra 22%. Contra o ex-governador do Ceará Ciro Gomes (PDT), o ex-chefe do Executivo ganharia de 44% contra 31%. Já na disputa contra o ex-juiz Sergio Moro, que filiou-se nesta semana ao Podemos, o petista teria a vitória por 47% contra 25%.

Em um possível segundo turno, Bolsonaro ganharia de Moro, de 32% contra 30%, mas perderia de Ciro, por 36% contra 32%.

Primeiro turno
Na pesquisa estimulada, no primeiro turno, Bolsonaro ficaria com 25% e Lula, com 35%. Os números, dessa forma, indicam uma polarização, pois os demais possíveis candidatos que foram testados obtiveram menos de 10%

Ciro teria 7% e Moro, 5%. Tanto Doria quanto Leite aparecem empatados com 2%. O ex-ministro da Saúde Luiz Henrique Mandetta, o senador Alessandro Vieira (Cidadania), o presidente do Senado, Rodrigo Pacheco (PSD), e Cabo Daciolo (Avante) aparecem com 1%. Já a senadora Simone Tebet (MDB) e o cientista político Luiz Felipe DÁvila (Novo) não pontuaram. Votos em branco e nulos somam 8%, e não sabem, 12%.

Reprovação
Apesar de liderarem as pesquisas, Bolsonaro e Lula também são os que aglutinam maior nível de rejeição. Os entrevistados do levantamento foram questionados quem eles não votariam "de jeito nenhum". O atual chefe do Executivo lidera com 44% no índice de rejeição, que segue com Lula com 37%. Doria e Moro empatam com 19%, Ciro aparece com 17% e Mandetta, 11%. A pesquisa ouviu 1,2 mil pessoas.

Com informações da Agência Estado
Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.
Justiça por Beatriz: pais organizam peregrinação de 720 km para cobrar solução de assassinato
Pessoas que já tiveram covid podem adoecer novamente devido à ômicron
Reino Unido aprova mais um medicamento contra Covid-19
Manhã na Clube: entrevista com o deputado estadual Eriberto Medeiros (PP), presidente da Alepe
Grupo Diario de Pernambuco