Diario de Pernambuco
Diario de Pernambuco
Digital Digital Digital Digital
Digital Digital Digital Digital
Notícia de Política

PRISÃO REVOGADA

Allan dos Santos compara Alexandre de Moraes com 'estuprador'

Publicado em: 08/11/2021 19:01


A declaração foi feita nesta segunda-feira (8/11) após Moraes revogar a prisão do deputado Daniel Silveira (Reprodução/Redes Sociais)
A declaração foi feita nesta segunda-feira (8/11) após Moraes revogar a prisão do deputado Daniel Silveira (Reprodução/Redes Sociais)
O blogueiro bolsonarista Allan dos Santos comparou o ministro Alexandre de Moraes, do Supremo Tribunal Federal (STF), com um estuprador. A declaração foi feita nesta segunda-feira (8/11) após Moraes revogar a prisão do deputado Daniel Silveira.

"Imagine um estuprador dizendo que parará de estuprar a sua vítima diariamente e que dará uma condição para isso: continuará a aliciar a vítima sem penetração e para isso pede o SILÊNCIO dela. O que você acha dessa questão hipotética?", escreveu Santos.
 
A mensagem foi compartilhada pelo Telegram.
 
Santos é investigado no inquérito das fake news, relatado por Alexandre de Morais. Aberto em março de 2019, por decisão do então presidente da Corte, ministro Dias Toffoli, o inquérito investiga notícias fraudulentas, ofensas e ameaças a ministros do Supremo.
 
Prisão revogada
 
Alexandre de Moraes revogou, nesta segunda-feira (8/11), a prisão do deputado bolsonarista Daniel Silveira. O parlamentar estava detido por ameaçar os ministros do STF.
 

 
Na decisão, Moraes também proibiu o acesso de Silveira às redes sociais. Ele também está vetado de fazer qualquer contato com outros investigados do inquérito das fake news - que investiga ataques contra a democracia.

Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.
Manhã na Clube: entrevistas com Alberto Feitosa (PSC), Márcia Horowitz e Andreia Rodrigues
Justiça por Beatriz: pais organizam peregrinação de 720 km para cobrar solução de assassinato
Pessoas que já tiveram covid podem adoecer novamente devido à ômicron
Reino Unido aprova mais um medicamento contra Covid-19
Grupo Diario de Pernambuco