Diario de Pernambuco
Diario de Pernambuco
Digital Digital Digital Digital
Digital Digital Digital Digital
Notícia de Política

CPI DA COVID

Wagner Rosário, ministro da CGU, pede desculpas a Simone Tebet

Publicado em: 21/09/2021 20:11

 (Foto: Leopoldo Silva/Agência Senado)
Foto: Leopoldo Silva/Agência Senado
O ministro da Controladoria-Geral da União, Wagner Rosário, pediu desculpas para a senadora Simone Tebet (MDB-MT) pelas redes sociais. O ministro tinha chamado a senadora de “descontrolada” durante o depoimento na Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Covid.

“Senadora Simone Tebet. Apesar de tê-lo feito pessoalmente, reitero meus pedidos de desculpas caso minhas palavras tenham lhe ofendido. Às vezes, no calor do embate, somos agressivos inconscientemente. Estendo minhas desculpas a todas as mulheres que tenham se sentido ofendidas”, afirmou.


Rosário foi acusado de prevaricação por não agir diante de irregularidades identificadas pela Controladoria-Geral da União no Ministério da Saúde. A briga começou após ele chamar Simone de “descontrolada”. 

A declaração aconteceu após os questionamentos feitos por Simone Tebet. “A senhora falou diversas inverdades. Precisa rever os contratos”, disse o ministro para Tebet.

“O senhor pode falar que eu falei inverdades, mas me mandar reler os contratos não pode. Me respeite! Sou senadora da República”, respondeu Simone. 

Em seguida, Rosário acusou Simone. “A senhora está totalmente descontrolada.”  

A fala gerou uma comoção dos senadores. Apenas o senador governista Marcos Rogério (DEM-RO) defendeu o ministro.
Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.
Morreu James Michael Tyler, o Gunther de Friends
Manhã na Clube: entrevistas com Alberes Lopes, Antônio César Cruz e Almir Reis
Destaque do Náutico, meia Jean Carlos completa 100 jogos com a camisa alvirrubra
Baixas na equipe de Guedes
Grupo Diario de Pernambuco