Diario de Pernambuco
Diario de Pernambuco
Digital Digital Digital Digital
Digital Digital Digital Digital
Notícia de Política

RIO DE JANEIRO

'Quem quer paz, se prepare para a guerra', diz Bolsonaro

Publicado em: 01/09/2021 14:24 | Atualizado em: 01/09/2021 14:26

 (crédito: Reprodução / TV Brasil)
crédito: Reprodução / TV Brasil
O presidente Jair Bolsonaro afirmou nesta quarta-feira (1) que "com flores não se ganha a guerra. Se você fala em armamento... Se você quer paz, se prepare para a guerra", completou. A declaração ocorreu durante evento de entrega da Medalha Mérito Desportivo Militar, no Rio de Janeiro.

Após discurso aos atletas olímpicos medalhistas em Tóquio, Bolsonaro chamou o boxeador Herbert da Conceição, que foi ouro no esporte para presentear com uma medalha pessoal e disse ter certeza de que ele guardaria a mesma para a vida toda. 

"Enfia a porrada, guerreiro, é isso aí. Com flores não se ganha a guerra não, pessoal. Quando se fala em armamento... quem quer a paz, se prepare para a guerra", disse logo após a entrega do artefato.

Bolsonaro tem convocado apoiadores a comparecerem a atos pró-governo no Dia da Independência.  Ontem, em Uberlândia, ele disse que "nunca uma oportunidade para o povo brasileiro será tão importante quanto o dia 7" e defendeu ainda que mudará o destino do Brasil, que "não empunhará uma espada para cima", "mas que temos outro 7 de setembro pela frente" referindo-se indiretamente a uma nova chance de independência.

Depois, em um palanque, que tocava ao fundo seu jingle de campanha de 2018, o mandatário convocou a população para participar dos atos pró-governo que ocorrerão no dia 7 de Setembro. Bolsonaro disse ainda que, no dia da Independência, "será a hora do país se tornar independente para valer" e atacou indiretamente o Supremo Tribunal Federal (STF) e o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) dizendo não aceitar que "uma ou outra pessoa imponha sua vontade".

No sábado, em Goiânia, o presidente foi presenteado com um violão autografado por cantores sertanejos, como Gusttavo Lima, Leonardo e Amado Batista. Em seguida, o mandatário fez sinal de arma com o objeto e emendou que "homem armado, jamais será escravizado".

No último dia 27, ele afirmou que "todo mundo tem que comprar fuzil". "Tem que todo mundo comprar fuzil, pô. Povo armado jamais será escravizado. Eu sei que custa caro. Daí tem um idiota que diz "ah, tem que comprar feijão". Cara, se não quer comprar fuzil, não enche o saco de quem quer comprar", disparou.

Já no dia 26, o mandatário ironizou matérias da imprensa apontando que o número de aquisição de armamentos tem dobrado ano após ano e rebateu dizendo esperar que "quintuplique".

Medalha 3 is
 
Ontem, Bolsonaro ainda exibiu a apoiadores, uma medalha com uma expressão que costuma utilizar e chamar de "3 Is". O objeto possui uma foto do mandatário com os dizeres: "Clube Bolsonaro - Imorrível, imbrochável e incomível".
Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.
Após erupção do vulcão Cumbre Vieja, especialistas temem gases tóxicos
Manhã na Clube: Lucas Ramos (Sec. de Ciência e Inovação de Pernambuco) e dr. Catarina Ventura
Na ONU, Bolsonaro diz ser contra passaporte sanitário
Manhã na Clube: Augusto Coutinho, Laurice Siqueira, Frederico Preuss Duarte e Kaio Maniçoba
Grupo Diario de Pernambuco