Diario de Pernambuco
Diario de Pernambuco
Digital Digital Digital Digital
Digital Digital Digital Digital
Notícia de Política

IMPEACHMENT

Reunião define acordo de oposição para atos pró-impeachment de Bolsonaro

Publicado em: 15/09/2021 14:44

 (crédito: NELSON ALMEIDA / AFP)
crédito: NELSON ALMEIDA / AFP
Partidos de oposição ao governo definiram acordo, nesta quarta-feira (15), para convocar apoiadores para realizar grandes manifestações nos dias 2 de outubro e 15 de novembro pelo impeachment de Jair Bolsonaro.

Participaram da reunião siglas de esquerda, como PSol, PT, PCdoB, PDT e PV, e de centro, como Rede, Cidadania e Solidariedade, além de representantes da Central Única dos Trabalhadores (CUT) e da Força Sindical. O encontro não reuniu partidos de direita, mas há tratativas em andamento com as legendas, principalmente para os atos no dia da Proclamação da República.

“Estamos avançando. Hoje, participaram setores da sociedade civil organizada, centrais sindicais e estamos já engajados para a manifestação de 2 de outubro e fechando acordo para um grande manifestação dos democratas do Brasil no dia 15. Há conversas com o PSDB, DEM, PSD, MDB, Novo”, afirmou ao Correio o presidente nacional do PDT, Carlos Lupi. 

Segundo relatos da reunião, o objetivo é alinhar o discurso para garantir que todos os setores políticos que desejam o impedimento de Bolsonaro estejam presentes nas manifestações.

“Além de partidos de oposição e movimentos sociais, queremos fazer algo ainda mais amplo, com a presença de governadores, artistas, personalidades diversas. Sem sectarismos, sem antecipar debates eleitorais, sem hostilidades. Vamos avançar e vamos derrubar Bolsonaro! Há esperança!”, afirmou o presidente do PSol, Juliano Medeiros, em nota publicada pelo partido.
Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.
Combate à gordofobia vira lei no Recife
Medicamento contra Covid-19 é recomendado pela OMS
Manhã na Clube: José Queiroz (PDT), Kleiton Boschi, Clarissa de França e Cristina Pires
Skate feminino decola no Brasil após Olimpíadas
Grupo Diario de Pernambuco