Diario de Pernambuco
Diario de Pernambuco
Digital Digital Digital Digital
Digital Digital Digital Digital
Notícia de Política

OPOSIÇÃO

Priscila Krause ainda defende unidade da oposição em 2022, sem dizer em torno de quem

Publicado em: 27/09/2021 18:33

 (Foto: Ricardo Fernandes/DP/D.A Press/Arquivo)
Foto: Ricardo Fernandes/DP/D.A Press/Arquivo
Em sua primeira fala pública após o evento de filiação do prefeito de Petrolina, Miguel Coelho, ao Democratas, a deputada estadual Priscila Krause afirmou que o processo de articulação da oposição em torno dos nomes de Anderson Ferreira, prefeito de Jaboatão dos Guararapes, Raquel Lyra, prefeita de Caruaru (além de amiga de Priscila) e do próprio Miguel como “salutar e fortalecedor” para o processo de escolha da candidatura de oposição. 

A deputada, que vinha defendendo Raquel Lyra, afirmou também que acha importante que a oposição pernambucana ao grupo político do governador Paulo Câmara (PSB) busque a unidade no que diz respeito à formação da chapa eleitoral. 

“Tem que buscar o quanto possível essa unidade, para que a gente saia com uma estratégia fortalecida e uma estratégia que nos leve à vitória. Esse é o único formato? Claro que não! Mas é evidentemente o que eu defendo, porque eu acho que a oposição junta tem muito o que oferecer para Pernambuco”, afirmou Priscila Krause à Rádio Jornal Caruaru.

Questionada sobre qual seria o nome para compor essa chapa única, Priscila afirmou que PL, DEM e PSDB colocam muito claramente suas possibilidades de candidatura, democraticamente como permitem as regras democráticas.  

“Na minha opinião, esse afunilamento para a definição de um nome vai ser decorrente de um debate político e técnico, sobre as questões importantes para Pernambuco e sobre a possibilidade ou a capacidade de aglutinação de forças para que se tenha uma uma candidatura competitiva. Então, no momento certo, se chegará a esta conclusão”.

Sobre a possibilidade de receber apoio oficial, palanque de Raquel Lyra para sua campanha em Caruaru, Krause afirma que elas nunca conversaram especificamente sobre esse assunto mirando o pleito de 2022. 

“O que a gente conversa muito é sobre o trabalho que vem sendo feito permanentemente, as possibilidades de desenvolvimento e de atração de políticas, programas, recursos para a cidade de Caruaru”, afirmou a deputada. E continuou: “eu tenho muita tranquilidade em relação a isso. Como as coisas vão acontecer e vão se dar, é no ano que vem. O meu apoio a Caruaru, ele continua sendo feito de maneira irrestrita e baseado numa relação de confiança e de muita seriedade”, afirma a deputada.

Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.
Trump anuncia planos para lançar nova rede social
Manhã na Clube: entrevistas com Teresa Leitão (PT), Fernandes Arteiro e José Teles
CPI da Pandemia recomenda indiciamento de Bolsonaro
Manhã na Clube: entrevistas com Sileno Guedes e com a nutricionista Joyce Alencastro
Grupo Diario de Pernambuco