Diario de Pernambuco
Diario de Pernambuco
Digital Digital Digital Digital
Digital Digital Digital Digital
Notícia de Política

SOLENIDADE

Pacheco diz que manifestações são bem-vindas no país: 'momento de crise'

Publicado em: 12/09/2021 15:25

 (Rodrigo Pacheco reafirmou a importância do respeito à democracia e da busca constante por pacificação entre os Poderes ao participar de solenidade no Memorial JK. Foto: Alex Capela/Divulgação)
Rodrigo Pacheco reafirmou a importância do respeito à democracia e da busca constante por pacificação entre os Poderes ao participar de solenidade no Memorial JK. Foto: Alex Capela/Divulgação
O presidente do Congresso Nacional, Rodrigo Pacheco (Democratas), afirmou que as manifestações que ocorrem no país, independentemente da data em que são realizadas, são bem-vindas e precisam ser respeitadas, uma vez que esses atos compõem uma democracia viva.

“A vida do país passa por um momento de crise, sobretudo com a iminência de inflação, a realidade do desemprego, da fome e da miséria, de uma crise energética, de uma crise hídrica, que recomendam realmente que se coloquem à mesa qual o planejamento e quais as ações que nós temos para enfrentar esse problema e solucionar o problema dos brasileiros.”

A declaração foi feita ao participar, neste domingo (12), de solenidade para celebrar os 40 anos de fundação do Memorial JK, em Brasília, e o 119º aniversário de nascimento do ex-presidente da República Juscelino Kubitschek. 

Rodrigo Pacheco ainda considerou como uma sinalização positiva a carta à nação divulgada pelo presidente Jair Bolsonaro, na última quinta-feira (9), onde o presidente chegou a falar da importância da harmonia entre os Poderes

O senador disse que espera que essa tônica de conciliação entre os Poderes se concretize de maneira duradoura. “Eu acredito muito nessa possibilidade de união nacional em favor do que interessa ao povo brasileiro”, declarou Pacheco.

Democracia e lembrança de JK
Durante a solenidade, o presidente do Congresso reafirmou a importância do respeito à democracia. Em seu discurso, o senador destacou que o político mineiro soube liderar a nação a favor do bem comum, da estabilidade política e do desenvolvimento econômico.

“Celebramos a vida e a obra de quem, ouso dizer, exerceu o mais importante mandato presidencial deste país. Juscelino Kubitschek celebrou nossa diversidade e construiu o que hoje compreendemos como nação, sempre com profundo respeito à Constituição Federal e à democracia. E deixou um importante legado como agente público por meio de seu ânimo conciliador, sua disposição para o diálogo e para composição de forças e perspectivas. Juscelino Kubitschek colocou o Brasil acima de qualquer sentimento pessoal e pôde, assim, liderar um projeto de otimismo e confiança no coração dos brasileiros. Um verdadeiro projeto de país”, frisou Rodrigo Pacheco.

Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.
Após erupção do vulcão Cumbre Vieja, especialistas temem gases tóxicos
Manhã na Clube: Lucas Ramos (Sec. de Ciência e Inovação de Pernambuco) e dr. Catarina Ventura
Na ONU, Bolsonaro diz ser contra passaporte sanitário
Manhã na Clube: Augusto Coutinho, Laurice Siqueira, Frederico Preuss Duarte e Kaio Maniçoba
Grupo Diario de Pernambuco