Diario de Pernambuco
Diario de Pernambuco
Digital Digital Digital Digital
Digital Digital Digital Digital
Notícia de Política

ATO

Manifestação pró-governo começa com baixo movimento na Esplanada

Publicado em: 12/09/2021 12:18

 (Foto: Evaristo Sa / AFP)
Foto: Evaristo Sa / AFP
A manifestação de apoiadores do presidente Jair Bolsonaro (sem partido) começou às 9h, deste domingo (12) com baixo movimento. A reportagem identificou poucos protestantes no local. 

O paulista de Lins (SP), Rui Cardozo, 66 anos, chegou às 9h10 e ficou surpreso com a baixa concentração de manifestantes. "No 7 de setembro, eu estava na Avenida Paulista, junto de 3 milhões de brasileiros. Agora vou tentar ir mais para frente para ver se encontro alguém. Se não, vou embora para São Paulo. Fiquei assustado quando cheguei e vi pouca gente", afirmou o aposentado.

Ele acredita que o protesto desta manhã não terá efeito nas decisões políticas, e cita a influência da carta de harmonia entre os poderes, enviada por Bolsonaro à Rodrigo Pacheco (DEM-MG), presidente do Senado.

"Não tem peso nenhum essa manifestação. O que tinha de acontecer, na minha opinião, foi na manifestação de 7 de setembro. E o que deve acontecer daqui para frente é diminuírem o preço das mercadorias e entregarem a carta para o Ricardo Pacheco. Aí é entregar na mão de Deus", completa Rui.

Presente no local, o mecânico Ezequiel Lima, 33, veio de Paraopeba (PA) para marcar presença no protesto. Ele reconhece que o ato não será de grandes proporções. "Vai ser uma pequena manifestação para mostrar que tem um grupo de resistência em Brasília. E as nossas reivindicações continuam sendo as mesmas: o impeachment do Barroso (ministro do STF e presidente do TSE) , e do ministro (do STF) Alexandre de Moraes, e o voto auditável com contagem pública", completa.

No momento, a Polícia Militar do DF conta com duas viaturas no bloqueio feito próximo à Rodoviária do Plano Piloto.

Por volta das 10h20, um carro de uma motorista de Goiânia, em visita a Brasília, foi liberada para passar pelo bloqueio policial, pois precisava ir sentido Asa Sul. Um policial explicou que autorizaram a passagem dela pelo fato da mulher não "saber andar muito bem na cidade"

Organização
Além do protesto a favor do governo, este domingo também terá protestos contra o governo federal. De acordo com a Secretaria de Segurança Pública do Distrito Federal, os manifestantes a favor do governo devem ocupar a Esplanada dos Ministérios entre 9h e 14h. Já as manifestações contra o governo, convocadas pelo Movimento Brasil Livre (MBL) e Vem Pra Rua, deverão ocorrer das 15h às 19h.

"Eles irão se manifestar entre o Museu da República e a Avenida José Sarney, paralela à Avenida das Bandeiras, porém em horários distintos", informou a pasta.

A área central de Brasília, que ficou cinco dias interditada por conta das manifestações de 7 de setembro, deverá ter o acesso restrito novamente, em razão das manifestações dos dois grupos.

Em nota, a SSP-DF informa que os atos serão acompanhados pela Polícia Militar do Distrito Federal. O Governo do DF afirma que vai reforçar a segurança durante os dois eventos.

"A área central de Brasília permanece sob monitoramento da SSP e forças de segurança locais, por meio do Centro Integrado de Operações de Brasília (Ciob) e equipes em campo. O objetivo é garantir a segurança de todos que circulam na região. O policiamento na região será reforçado", informou.

Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.
As mães em plena pandemia: casal paulista adota cinco irmãos de Serra Talhada
Bolsonaro aumenta IOF para custear novo Bolsa Família
Surto de Covid-19 obriga Presidente da Rússia a ficar em isolamento
Manhã na Clube: entrevistas com o deputado Eduardo da Fonte (PP), Elias Paim e Diego Martins
Grupo Diario de Pernambuco