Diario de Pernambuco
Diario de Pernambuco
Digital Digital Digital Digital
Digital Digital Digital Digital
Notícia de Política

MANIFESTAÇÕES

Mandetta sobre atos no 7 de setembro: 'Defender o quê? Fome? Desemprego?'

Publicado em: 04/09/2021 14:43

Ex-ministro da Saúde de Jair Bolsonaro (sem partido) criticou as manifestações convocadas pelo presidente para o feriado do Dia da Independência (Agência Brasil)
Ex-ministro da Saúde de Jair Bolsonaro (sem partido) criticou as manifestações convocadas pelo presidente para o feriado do Dia da Independência (Agência Brasil)
O ex-ministro da Saúde Luiz Henrique Mandetta, criticou neste sábado (4) manifestantes apoiadores do presidente Jair Bolsonaro (sem partido), que prometem ir às ruas no feriado de 7 de setembro, comemorado Dia da Independência. Ele questionou o motivo de ir às ruas quando o país enfrenta uma crise político-econômica.

“Você que vai pra rua no 7 de setembro, está indo defender o que, exatamente? O aumento da fome e do desemprego, a gasolina cara, a crise energética, as mansões ou a impunidade do presidente e da família dele?”, escreveu em sua conta do Twitter.

O aumento da fome, citado pelo ex-ministro, é revelado nos dados de 2020 da Rede Brasileira de Pesquisa em Soberania e Segurança Alimentar e Nutricional (Penssan). Nele, mostra que 19 milhões de brasileiros estão em situação de fome no pais. A comparação com 2018 (10,3 milhões) revela que são 9 milhões de pessoas a mais nessa condição.

Já na questão do desemprego, o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) mostra que o número de desempregados no Brasil está em 14,76 milhões de pessoas. A taxa de desemprego ficou em 14,6% no primeiro trimestre de 2021, até maio.

O litro da gasolina ultrapassa a faixa de R$ 7 em algumas regiões do país. Enquanto o Brasil enfrenta uma crise hídrica que, por consequência, reduz os níveis dos reservatórios das hidrelétricas e beira um colapso energético.

Na questão das mansões, Mandetta se refere ao caso do filho 01 do presidente, senador Flávio Bolsonaro (Republicanos-RJ), que comprou uma casa por R$ 5,97 milhões em um bairro nobre de Brasília quando seu patrimônio declarado ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE) é de R$ 1,74 milhão. Atualmente, o salário de um senador é R$ 33.763.

Apesar de toda esta crise enfrentada pelo governo Bolsonaro, os protestos do 7 de Setembro foram inflamados pelo presidente Jair Bolsonaro, que faz uma série de ataques ao Supremo Tribunal Federal (STF) e acusa o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) de fraudar as eleições. Agora, milhares de apoiadores do presidente marcham para Brasília para pedir a queda das instituições e o golpe militar, caso o STF mantenha suas posições.

Luiz Henrique Mandetta já chegou a admitir algumas vezes que pode ser candidato à presidência da República nas eleições de 2022. Caso se concretize, ele vai concorrer contra o atual presidente Jair Bolsonaro.
Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.
Após erupção do vulcão Cumbre Vieja, especialistas temem gases tóxicos
Manhã na Clube: Lucas Ramos (Sec. de Ciência e Inovação de Pernambuco) e dr. Catarina Ventura
Na ONU, Bolsonaro diz ser contra passaporte sanitário
Manhã na Clube: Augusto Coutinho, Laurice Siqueira, Frederico Preuss Duarte e Kaio Maniçoba
Grupo Diario de Pernambuco