Diario de Pernambuco
Diario de Pernambuco
Digital Digital Digital Digital
Digital Digital Digital Digital
Notícia de Política

CPI DA COVID

Eduardo Bolsonaro reclama de divulgação de conversas com blogueiro

Publicado em: 30/09/2021 21:46

 (Foto: Roque de Sá/Agência Senado)
Foto: Roque de Sá/Agência Senado
O  deputado federal Eduardo Bolsonaro (PSL-SP)  reclamou, nesta quinta-feira (30), de ter conversas expostas em rede nacional. Na ocasião, ele se referiu ao diálogo virtual que teve com o blogueiro Allan dos Santos, investigado no Supremo Tribunal Federal (STF) no inquérito que apura a disseminação de fake news contra a Corte.

Eduardo afirmou que vai processar a "TV Globo" pela veiculação das conversas com Allan dos Santos, que foram ao ar na semana passada. O deputado também disse que "se tornou comum o vazamento seletivo de dados sigilosos" na CPI da Covid-19, do Senado Federal.

"Por mais que a CPI tenha tornado comum o vazamento seletivo de dados sigilosos, como minha conversa com Allan dos Santos, isso não faz o vazamento ser legal. Vou processar a Globo, que curiosamente sempre tem acesso a esses dados sigilosos. Não posso me permitir ser perseguido", afirmou.

A  reportagem veiculada pela "Globo"  mostrou que mensagens indicaram que o empresário Luciano Hang, apoiador do presidente Jair Bolsonaro (sem partido), teria patrocinado um programa de Allan dos Santos após intermediação de Eduardo Bolsonaro.

O trecho exibido na reportagem também mostrou a ação de outros influenciadores bolsonaristas, como o youtuber Bernardo Kuster, que citou o "gabinete do ódio" em troca de mensagens no grupo "Direita Unida".

"Recebi ordens do GDO pra levantar forte a tag #doriapiorquelula. Bora lá no Twitter. Tá subindo a tag em quarto lugar", escreveu.
Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.
Baixas na equipe de Guedes
Trump anuncia planos para lançar nova rede social
Manhã na Clube: entrevistas com Teresa Leitão (PT), Fernandes Arteiro e José Teles
CPI da Pandemia recomenda indiciamento de Bolsonaro
Grupo Diario de Pernambuco