Diario de Pernambuco
Diario de Pernambuco
Digital Digital Digital Digital
Digital Digital Digital Digital
Notícia de Política

BOLSONARO EM PERNAMBUCO

Bolsonaro voltará a Pernambuco em outubro para inaugurar obras, diz ministro

Publicado em: 15/09/2021 17:20

 (Foto: Romulo Chico)
Foto: Romulo Chico
O ministro do Desenvolvimento Econômico, Rogério Marinho, afirmou nesta quarta-feira (15) durante uma entrevista ao Blog do Alberes Xavier que o presidente da República, Jair Messias Bolsonaro (sem partido), virá a Pernambuco em outubro para inaugurar obras de segurança hídrica no estado. 

A informação também foi confirmada pelo deputado estadual Coronel Alberto Feitosa (PSC), aliado do presidente, ao Diario de Pernambuco. Segundo Feitosa, ainda não há data certa para a visita, mas estima-se que ela seja realizada na segunda quinzena do mês de outubro.

De acordo com o ministro Rogério Marinho, as ações do governo para a região Nordeste do Brasil devem se centrar no Semiárido, onde moram “quase 26 milhões de brasileiros”, com o objetivo de garantir o acesso seguro à água potável. 

A viagem, segundo Marinho, faz parte de uma política do presidente, que tem orientado sua equipe de governo a “abraçar o Nordeste brasileiro”. A região, vale lembrar, é um terreno difícil para Bolsonaro em termos eleitorais, com histórica vantagem de votos para o ex-presidente Luís Inácio Lula da Silva (PT), que vem despontando nas pesquisas de intenção de voto.

O Canal do Agreste, grande obra que complementar da transposição do Rio São Francisco que custou ao governo cerca de R$ 1,6 bilhão, deve estar no roteiro de visitas do presidente e está pronto à espera da conclusão da Adutora do Agreste, o que representa 60% da construção do sistema de transporte de água. 

“Sem a adutora a água não chega, mas também é verdade que sem o canal não tem a adutora. (...) Vamos voltar no mês de outubro com o presidente para inaugurar o canal”, afirmou o ministro”. 

Visita recente 

Ainda neste mês de setembro, nos dias 3 e 4, o presidente Bolsonaro esteve no estado de Pernambuco, onde teve intensas agendas. Desembarcando no Aeroporto do Recife ao lado da primeira-dama Michelle Bolsonaro, ele seguiu para o uma visita ao 7° Depósito de Suprimentos do Exército, no Cabanga, na Zona Sul, onde o casal participou de uma ação social com apresentação da Orquestra Cidadã do Recife. 

Em seguida, o presidente se dirigiu ao Mar Hotel, no bairro de Boa Viagem, onde se encontrou com empresários e prometeu a conclusão de grandes obras no estado, como o ramal de Suape da ferrovia Transnordestina, o Arco Metropolitano (estrada para ligar Igarassu ao Cabo de Santo Agostinho) e o Ramal do Agreste da Adutora do Agreste, que distribuirá a água do Eixo Leste da Integração do Rio São Francisco. 

A agenda no Recife se encerrou a noite, quando Bolsonaro presidiu a cerimônia de mudança de comando do Comando Militar do Nordeste para o o general de Exército Richard Fernandez Nunez, que assumiu o posto no Quartel-General do CMNE, no bairro do Curado, Zona Oeste do Recife.

No dia 4, Bolsonaro foi a Santa Cruz do Capibaribe, no Agreste do estado, onde realizou a 10ª “motociata” no ano com apoiadores que o seguiram do Moda Center até o município de Caruaru, onde discursou e fez ameaças ao Supremo Tribunal Federal (STF), alegando que a corte precisa “enquadrar os ministros que não cumprem a Constituição”.

Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.
As mães em plena pandemia: casal paulista adota cinco irmãos de Serra Talhada
Bolsonaro aumenta IOF para custear novo Bolsa Família
Surto de Covid-19 obriga Presidente da Rússia a ficar em isolamento
Manhã na Clube: entrevistas com o deputado Eduardo da Fonte (PP), Elias Paim e Diego Martins
Grupo Diario de Pernambuco