Diario de Pernambuco
Diario de Pernambuco
Digital Digital Digital Digital
Digital Digital Digital Digital
Notícia de Política

ALVORADA

Bolsonaro responde grosseiramente apoiadores e diz que Brasil é 'emaranhado de problemas'

Publicado em: 08/09/2021 14:07

 (Foto: Antonio Cruz/AB)
Foto: Antonio Cruz/AB
O presidente Jair Bolsonaro afirmou nesta quarta-feira (8) que o Brasil é um “emaranhado de problemas”. A declaração foi feita a um apoiador na saída do Palácio da Alvorada ao responder sobre uma questão relacionada à mineração no Maranhão. O mandatário o aconselhou, grosseiramente, a procurar o Ministério de Minas e Energia. 

"Te recomendo buscar o ministro da Energia (Bento Albuquerque) e conversar com alguém de lá. É o emaranhado da legislação que vocês deixaram acontecer e querem que eu resolva numa canetada. É impossível resolver numa canetada. Só isso e mais nada. Então, pessoal, tem coisa que não é 'vai dar canetada sem MP'. Não é assim. Tem contratos, tem bilhões em jogo, tem ouro para tudo quanto é lugar lá; e, vocês, no passado, aconteceu né, deixaram chegar no ponto que chegou", apontou.

"O Brasil é um emaranhado de problemas, pessoal. O pessoal quer que eu resolva de uma hora para a outra. Não vou resolver", repetiu.

A uma bolsonarista que disse que "assina embaixo" nas decisões do presidente, ele rebateu: "Olha só. Não é assina embaixo também, não, tá? Para fazer o futuro, é cada um de vocês. Pensar que eu tenho super poderes para levantar a espada e resolver as coisas: 'Ah, vai lá faz isso, faz aquilo'. Não é assim, não, que a banda toca. Isso que o Brasil vive é um somatório de décadas de desmandos apoiado por muitos de vocês de forma inconsciente", disparou. 

Inflação
 
E reclamou do posicionamento de partidos políticos contrários ao governo. "Dois partidos políticos fazendo nota agora me atacando e falando de preço de combustível , dos alimentos. Mas o que os partidos fizeram a não ser apoiar medidas dos governadores. Tem que ter uma consequência. 'Vai ficar em casa' tem uma consequência”, acrescentou.

"Como eu disse durante a pandemia tem que enfrentar os problemas, não adianta ficar chorando debaixo da cama, lamentando. Tem que tentar resolver".  

Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.
As mães em plena pandemia: casal paulista adota cinco irmãos de Serra Talhada
Bolsonaro aumenta IOF para custear novo Bolsa Família
Surto de Covid-19 obriga Presidente da Rússia a ficar em isolamento
Manhã na Clube: entrevistas com o deputado Eduardo da Fonte (PP), Elias Paim e Diego Martins
Grupo Diario de Pernambuco